Rally: Marcos Baumgart e Alessandro Fabricio ficam em 13º na geral

A outra dupla da equipe X Rally Team, Cristian Baumgart e Beco Andreotti completou em último na quarta etapa.

Marcos Baumgart e Alessandro Fabricio terminam o quarto dia de disputas do com o 15º Rally dos Sertões em 13º lugar na categoria Protótipos,  ficando em 21o no resultado geral da quarta etapa, realizada entre Alto Parnaíba (MA) e São Raimundo Nonato (PI). A prova deste domingo (12) foi dura, travada e exigiu bastante dos competidores. A dupla fez o tempo de 04h05min26seg. Nesta segunda(12), a prova chega na metade do percurso, e a cidade a abrigar a caravana do Rally dos Sertões será Barra (BA).

A dupla da equipe X Rally Team teve problemas no carro, e mesmo com as dificuldades, conseguiu finalizar a especial do quarto dia de disputas. A prova deste domingo, a segunda maior quilometragem do rali, passou por trechos de muita areia fina, riachos, depressões, pedras, e cascalhos, com um deslocamento longo. Na metade, já no planalto, os competidores puderam acelerar forte, e, no final, o percurso alternou trechos lentos com os de alta velocidade.

Para o piloto Marcos Baumgart, mesmo com os resultados pouco favoráveis até aqui, a dupla e toda a equipe seguem otimistas e falam das dificuldades da maior prova de off-road das Américas. “Hoje largamos em nono e perdemos quatro posições na geral do dia. O importante é o resultado conquistado. No acumulado das etapas , conseguimos manter a quinta colocação na geral e terceira na categoria Protótipos”, comentou o piloto paulista, carro 203.

Cristian e Beco, do carro 220, passaram pela linha de chegada na 36ª colocação e com o tempo de 06h24min32. “Perdemos muito tempo hoje com quebra da bandeja e pneu furado. Conseguimos apenas completar a especial. Vamos arrmar na base da equipe e amanhã voltamos à disputa. Na base da equipe vamos arrumar e amanhã estaremos na prova”, assegurou o navegador da X Rally Team.

O circuito desse dia mostrou uma caatinga prazerosa de acelerar e exigiu navegação dinâmica e muita atenção com animais durante o trajeto. A quinta etapa terá um fato inédito da história da competição – o trecho percorrido acompanhará um “neutralizado” para abastecimento, devido ao alto consumo de combustível.

Nesta segunda o Rally Internacional dos Sertões segue para um dos dias mais difíceis da disputa – a segunda etapa maratona. A revisão dos carros pelas equipes só poderão ser feitas em Lençóis, na Bahia. Grandes desafios esperam os competidores, que não não poderão contar com o apoio de suas equipes. Com um total de 493 km, a especial terá 394 km de trechos cronometrados e 99 km de deslocamentos.

A 15ª edição do Rally dos Sertões tem um roteiro de 4.776 quilômetros no total. Deles, 2.471 cronometrados. A caravana ainda passará por Barra, Lençóis, Senhor do Bonfim, Aracaju e Salvador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *