Rally: Nicolas Vouilloz leva campeão do WTCC para uma volta em Curitiba

Yvan Muller ocupou a posição de navegador no carro do piloto vencedor da temporada passada do IRC durante o shakedown desta quinta-feira (5).

Para quem se acostumou a estar no controle do carro, guiando no asfalto, cercado de áreas de escape e barreiras de proteção, foi uma experiência e tanto. O atual campeão do WTCC, o francês Yvan Muller, experimentou nesta sexta-feira (5) as sensações de estar num carro de rali. Ele foi levado no banco do navegador pelo vencedor da temporada passada do IRC, o também francês Nicolas Vouilloz, para o chamado shakedown – a última chance dos pilotos ajustarem os carros para o Rally Internacional de Curitiba, que será disputado nesta sexta (6) e sábado (7).

“Fiquei impressionado”, contou Yvan Muller. “Depois de algumas curvas, eu estava realmente tentado a desligar a ignição”, acrescentou, brincando. “Mas agora que sobrevivi posso dizer: foi uma experiência interessante”. Ele elogiou a pilotagem do compatriota Nicolas Vouilloz, que de acordo com suas palavras “guiou de forma muito segura o tempo todo”. Não poderia ser diferente. A passagem pelo trecho de aproximadamente seis quilômetros, em Bocaiúva do Sul, foi apenas para deixar tudo em ordem para o início da competição.

Que foi oficialmente apresentada aos curitibanos com a largada promocional no centro da cidade, na Boca Maldita, às 15h30. A primeira das 13 especiais está marcada para a região de Campo Magro, nesta sexta-feira (6), às 09h00. No total, em dois dias, os pilotos vão percorrer mais de duzentos quilômetros de trechos cronometrados divididos em sete especiais diferentes. Esta é a primeira vez que o IRC, o Intercontinental Rally Challenge, passa pelo Brasil. O rali termina no sábado (7). A corrida do WTCC, de Yvan Muller, está agendada para domingo (8).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *