Rally: Pai e filho arrebatam novamente o 3º lugar no Paulista de Cross-Country

A 4ª etapa do Campeonato Paulista de Rally Cross-Country apresentou um percurso bastante técnico e com muitos saltos e curvas. A equipe Salvini Racing acelerou forte, mas ainda poupou o equipamento.

A 4ª etapa do Campeonato Paulista de Rally Cross-Country, realizada neste domingo, 29 de abril, na cidade de São Carlos, SP, agradou os 33 competidores que formaram o grid de largada da disputa. A equipe Salvini Racing, vinda de Petrópolis, RJ, mais uma vez adotou a tática de poupar o caminhão Mercedes-Benz Atego 1725, já que amanhã, acontece a 5ª etapa da competição – a última desta maratona de três dias de prova.

Na corrida de hoje, que teve 105 quilômetros de percurso, divididos em três especiais de 35 quilômetros, o piloto Carlos Salvini, o navegador Guido Salvini e o co-piloto Fernando Chwaigter, enfrentaram um piso misto – erosões, curvas de nível, cascalho, trial em descida, curvas fechadas, trechos estreitos, entre tantos outros obstáculos, que tornaram a competição bastante interessante.

Mesmo apreciando essas características e sabendo conduzir o caminhão em alta velocidade diante dessas dificuldades, a experiência sempre fala mais alto. “Esse trajeto rendeu uma pilotagem gostosa, mas se acelerar demais neste tipo de terreno, o risco de quebrar ou causar um acidente é grande”, disse Carlos, ao terminar a 1ª especial. Porém, onde houve oportunidade, Carlos pisou fundo e fez o caminhão atingir os 156 km/h.

A navegação mais uma vez estava bem difícil e exigiu 100% da atenção dos navegadores. “Como andamos em alguns trechos que percorremos ontem, existiam alguns pontos que ainda estavam com o rastros deixados pelos veículos, e isso, somado as referências muito próximas, induzia ao erro. Portanto, toda atenção foi pouca na hora de indicar o caminho correto ao piloto”, explicou Guido.

A Salvini Racing está preparada para encarar a 5ª etapa, que terá cerca de 40 quilômetros, dentro da Fazenda Horto Florestal, na cidade de Itirapina, SP. De acordo com a organização, os competidores enfrentarão um percurso arenoso, onde as equipes precisarão exigir tudo de seus equipamentos. Daí vai a receita adota pela Salvini Racing, que poupou o caminhão nestes dois dias de prova, e está com o Mercedes-Benz inteiro para arriscar tudo nesta próxima disputa em busca da vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *