Rally: Palmeirinha disputa última etapa nos Emirados Árabes

Piloto brasileiro ocupa a 3ª posição na classificação do Campeonato Mundial.

O Rally Desert Challenge, última etapa do Campeonato Mundial de Rali Cross Country, terá início no próximo domingo (28/10) em Dubai, nos Emirados Árabes. O brasileiro Paulo Nobre, o Palmeirinha, (Itaú Private Bank) vai disputar a prova a bordo de uma BMW X3 da equipe X-Raid, junto com o navegador português Filipe Palmeiro. A dupla atualmente ocupa a 3ª colocação na classificação do Mundial.

A 5ª e última etapa do certame será toda disputada em piso de areia, o que no passado causava certa apreensão em Nobre. “A prova nos Emirados Árabes é 100% areia. É super complicado por um lado, mas excelente para treinar e aprender a andar neste tipo de terreno! Quando uma prova tem todos os tipos de terreno, no dia que tem dunas vira um pesadelo, algo especial e isso me deixa meio tenso. Mas no Desert Challenge não tem dessa. Como é tudo areia nós nem pensamos em dia pior ou mais tranquilo, o lance é relaxar e acelerar!”, contou Palmeirinha.

Por se tratar da última grande competição antes do Rally Lisboa Dakar de 2008 e devido ao seu elevado grau de dificuldade, o Desert Challenge contará com a presença dos principais pilotos e equipes do cross country mundial, que utilizarão a competição em Dubai como um “shakedown” para o maior rali do mundo, que será disputado em janeiro próximo. “Como é uma prova de areias muito difícil e por ser a última antes do Dakar, todas as equipes grandes vão correr. Tem 15 dos 25 carros fortes do Dakar e oito deles devem disputar a vitória. Logo pontuar nessa etapa será quase impossível. Gostaríamos muito de terminar essa prova andando bem todos os dias. Se conseguirmos isso, teremos dado um grande passo para um bom resultado no Dakar do ano que vem”, afirma Nobre.

Bruno Saby, novo companheiro de equipe de Palmeirinha

O francês Bruno Saby foi confirmado como piloto da equipe X-Raid no Rally Desert Challenge e no Rally Lisboa-Dakar 2008, ocupando a vaga que pertencia a Colin McRae, falecido no dia 15 de setembro num acidente de helicóptero. Saby, de 58 anos, participou por muitos anos do Campeonato Mundial de Rali (WRC), e tem em seu currículo duas vitórias em etapas do Mundial. A primeira delas aconteceu no “Rally Tour de Corse” de 1986, no último ano dos carros do “Grupo B” na modalidade. Saby pilotava um Peugeot 205 T16 na prova que ficou marcada pela morte do finlandês Henri Toivonen e de seu navegador, o norte-americano Sérgio Cresto, a bordo de um Lancia Delta S4. A segunda vitória de Saby no WRC aconteceu em 1988, no “Rally de Monte Carlo”, com um Lancia. O francês trocou o Rali de Velocidade pelo Rali Cross Country em 1992 e no ano seguinte venceu o Rally Dakar com um Mitsubishi e também trabalhou como piloto oficial da Volkswagen nas provas de rali cross country.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *