Rally: Palmeirinha em 2º lugar na penúltima etapa do Rally Por Las Pampas

O brasileiro Paulo Nobre, o Palmeirinha (Itaú Private Bank), conquistou a 2º colocação no penúltimo dia do Rally Por Las Pampas, no Chile. Ao lado do navegador português Filipe Palmeiro, Palmeirinha completou os 503 km de trecho cronometrado entre as cidades de Bahia Inglesa e Antofagasta em 5h59min11s. A vitória nesta terça-feira (04/09) ficou com a dupla Orlando Terranova/Lee Palmer, companheiros de equipe do brasileiro na equipe X-Raid e que obtiveram o tempo de 5h48min34s.

 


Na etapa mais longa da prova, válida pela 3ª etapa do Campeonato Mundial de Rali Cross Country, Nobre afirmou que a maior parte do trecho foi boa e difícil. “Hoje a especial foi gigantesca e muita dura, com 90% dela com partes muito boas incluindo trechos seletivos, sinuosos, com pedras ao lado da trilha, depois na própria trilha, além de travessias de rios secos, partes de “trial” e aqueles retões de piso irregular que o carro vem pulando de uma lado para o outro, ou seja, cansativo, mas interessante. Só que 10% do dia foi no estilo “Camel Trophy” que não faz sentido. Colocam a gente naquelas erosões gigantes, onde você anda a 2km/h com o carro de lado, quase capotando. São trechos sem sentido para uma prova de Cross Country, na minha opinião”, disse Nobre.


A liderança segue com a dupla francesa Luc Alphand/Gilles Picard, que passou por um susto no dia de hoje, quando ficou sem um cilindro em sua Mitsubishi Montero. Apesar do problema no motor, eles conseguiram completar a etapa na 4ª colocação.


Os destaques negativo do dia foram os dois acidentes ocorridos entre as motos. Um deles envolveu o francês David Casteau, que ocupava a 2ª colocação na prova. Na saída de um posto de controle ele foi atingido por um caminhão e foi encaminhado ao hospital com suspeita de fratura no braço e na clavícula. O segundo acidente foi o mais grave e envolveu o português Helder Rodrigues. Vencedor de duas especiais no Dakar deste ano, Rodriguez foi encaminhado de helicóptero ao hospital depois de cair em uma travessia de rio seco. “Essas notícias são muito chatas. Como as trilhas aqui são abertas, o Casteau foi atingido por um caminhão. E pior foi o Helder, que numa conversa com o Jean (Azevedo) ele me disse que não sabia como o português havia saído vivo. A informação que temos aqui é de que os dois estão sendo operados, sendo que o caso do Helder é mais delicado devido a uma hemorragia. Esses acidentes são muito chatos, atrapalham um pouco a nossa concentração e nos faz pensar na segurança.” contou Palmeirinha.


Nobre entra no último dia de prova ocupando a 3ª colocação na classificação geral da prova. Confira como será a última etapa do Rally Por Las Pampas:
5 de setembro – Antofagasta a Iquique
Total: 441 km
Deslocamento inicial: 368 km
Trecho cronometrado: 48 km
Deslocamento final: 25 km


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *