Rally: Palmeirinha ganha a segunda etapa consecutiva

Após vencer a especial deste domingo, Paulo Nobre dedicou sua conquista ao time de futebol do Palmeiras, que venceu de virada o Atlético Mineiro no Mineirão.

Um domingo recheado de conquistas palmeirenses. Além da vitória do time alviverde de virada contra o Atlético Mineiro no encerramento do primeiro turno do Campeonato Brasileiro de Futebol, o piloto paulista Paulo Nobre, o Palmeirinha (Itaú Private Bank), venceu a quarta especial da 15ª edição do Rally dos Sertões entre os carros, tendo ao seu lado o navegador português Filipe Palmeiro.

Esta foi a segunda vitória consecutiva de Palmeirinha em uma especial do Rally dos Sertões, já que, a bordo de uma BMW X3, ele havia vencido também a etapa deste sábado. Na conquista de hoje, Nobre/Palmeiro percorreram os 309 km de extensão do trecho cronometrado entre as cidades de Alto Parnaíba/MA e São Raimundo Nonato/PI em 3h33min53s, com exatos 6min42s de vantagem sobre a dupla segunda colocada no dia, Guilherme Spinelli/Marcelo Vívolo. Em relação aos líderes da competição, Mauricio Neves e Clécio Maestrelli, Nobre/Palmeiro descontou 9min19s, mas ainda estão 1h45min atrás da dupla paranaense na classificação geral.

Como ao final da etapa de ontem os competidores não puderam contar com o auxilio dos mecânicos na revisão dos veículos, os competidores largaram hoje com seus carros, motos e caminhões nas mesmas condições que encerraram o dia anterior. Apesar da vitória, Palmeirinha revela que a especial não foi favorável a dupla luso-brasileira, devido as grandes retas. “Como estamos muito atrás, trechos com retões muito grandes não nos ajudam, pois todo mundo anda a 150 km/h, que é o limite da prova e não dá para tirar muito a diferença. Se fosse uma especial mais sinuosa, com trechos de “quebradeira”, daria para tentar abrir mais vantagem. Mas é sempre bom ganhar e queria dedicar a vitória de hoje para o time do Palmeiras, que ganhou de virada do Atlético Mineiro em pleno Mineirão. Essa equipe vai conquistar uma vaga na Libertadores da América e ainda ganhar o Campeonato Brasileiro deste ano”, disse o piloto.

Voltando ao rali, Palmeirinha acredita que os próximos dois dias definirão a edição 2007 do Rally dos Sertões, já que a etapa desta segunda também será Maratona e a especial de terça-feira, onde os equipamento não serão revisados pelas equipes de apoio, também será muito dura. “Se for acontecer alguma mudança significativa na classificação da prova, será nos próximos dois dias. Para mim o rali vai ser decidido nas duas próximas especiais, embora o Mauricio (Neves) tenham uma vantagem confortável e ele a está administrando muito bem”, falou Palmeirinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *