Rally: Palmeirinha vence mais uma e termina prova em 2º lugar

Piloto obtém seu melhor resultado no ano de estréia no Campeonato Mundial de Rali Cross Country. Brasil teve bom resultado também entre as motos, com Jean Azevedo terminando a prova em 3º lugar.


Mais uma vitória brasileira no Rally dos Faraós, 6ª etapa do Campeonato Mundial de Rali Cross Country. Nesta segunda-feira, Paulo Nobre, o Palmeirinha, venceu o trecho cronometrado final de 210 km disputado entre as cidades egípcias de Baharija e Cairo e completou a prova na 2ª posição na classificação geral. Para o Brasil o saldo foi extremamente positivo, já que além do 2º lugar de Palmeirinha entre os carros, o piloto Jean Azevedo terminou a competição entre as motos na 3ª colocação. O vencedor em quatro rodas foi a dupla russa Sergey Shmakov/Konstantin Meshcheryakov, enquanto que em duas rodas a vitória ficou com o espanhol Marc Coma.

Competindo ao lado do navegador francês Alain Guehennec, Nobre conquistou sua segunda vitória consecutiva em uma especial do Campeonato Mundial e terminou a prova apenas 9min45s atrás da dupla russa. “Hoje fizemos o que deu. Aceleramos que o carro nos permitiu e contávamos com algum problema do russo para conseguirmos tirar os 30 minutos que nos separavam. Mas conseguimos tirar só 21minutos. Nos sentimos com o dever cumprido e felizes por termos vencido mais uma especial. Foi um prazer e uma honra ter andado com o Alain, navegador muito experiente, espirituoso e engraçado. Muito boa gente! Nos momentos difíceis, como em um momento hoje onde a maioria do rali se perdeu, ele manda sair das marcas que estamos seguindo e tomar outra direção, e tem a humildade de dizer que não tem certeza, que podemos estar perdidos mas que ele acha que é para aquele lado, fantástico! O mais importante é que a navegação dele é muito parecida com a do Palu, o que serve de segurança para nos nas próximas provas . No Dakar ele já disse que esta a inteira disposição do Palu para o que ele precisar. Ganhei um amigo!”, disse Palmeirinha.

Nesta segunda, Nobre viveu uma experiência inédita em sua curta participação no Campeonato Mundial, ser o primeiro carro a largar para o trecho cronometrado. “Hoje me senti o Stephane Peterhansel! Larguei em 1º e abri a trilha. Andei na frente sem ninguém me passar e ainda ganhamos a especial. Gostei dessa brincadeira!”, brincou o piloto se referindo ao francês que possui 8 títulos do Rally Dakar conquistados tanto de moto como de carro.

A próxima etapa do Campeonato Mundial de Rali Cross Country está marcada para os dias 4 a 10 de novembro nos Emirados Arabes e terá o nome de “Desert Challenge”.

Resultados da 7ª especial
1º Paulo Nobre/Alain Guehennec (BMW X5), 1h48min26s
2º Sandor Kis/Peter Czegledi (Nissan Pickup), a 12min25s
3º Silvio Totani/Tito Totani (Mitsubishi Pajero), a 18min35s
4º Christian Lavieille/Arnaud Debron (Nissan Pathfinder), a 19min22s
5º Sergey Shmakov/Konstantin Meshcheryakov (Buggy Zil), a 21min29s
6º Laurent Rosso/Rolf-Joachim Neugebauer (Nissan Pathfinder), a 22min29s

Resultado final
1º Sergey Shmakov/Konstantin Meshcheryakov
2º Paulo Nobre/Alain Guehennec, a 9min45s
3º Jose Luis Monterde/Jean Marie Lurquin, a 3h53min00s
4º Jerome Pelichet/Eugenie Decre, a 4h18min03s
5º Christian Lavieille/Eugenie Decre, a 4h35min58s
6º Raz-Yehoshua Heymann/Hillel Segal, a 4h48min36s

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *