Rally: Palmerinha vence mais uma e iguala marca de 2006

O paulista Paulo Nobre, o Palmeirinha (Itaú Private Bank), chegou a sua quarta vitória consecutiva em uma especial da 15ª edição do Rally Internacional dos Sertões. A conquista desta terça-feira (14/08) foi na etapa que ligou as cidades baianas de Barra e Lençóis. Ao lado do navegador português Filipe Palmeiro, Nobre estabeleceu o tempo de 3h22min19s no trecho cronometrado de 241 km.

 


Com a vitória desta terça, Palmeirinha se torna o maior vencedor de etapas do rali até o momento e iguala o número de vitórias obtidas nas especiais da edição 2006 da competição, também com quatro conquistas. O dia de hoje contou com pequenos trechos de trial, seguidos por trilhas rápidas e sinuosas, mas a surpresa do dia foi a chuva que caiu na parte final do trecho cronometrado.


“Foi a especial mais prazerosa do rali até agora. Grande parte dela com um trecho sinuoso e muito rápido, mas para nós não é bom pois a diferença entre os tempos fica muito pequena e nós precisamos é tirar muito tempo em relação aos líderes. De diferente hoje, tivemos chuva nos últimos 60 km. Choveu bastante a ponto do limpador não dar conta de tirar a água. No nosso caso especifico ainda “penamos” com o para-brisa que embaçou e tivemos que parar para limpar o vidro”, disse Nobre.


Apesar de conquistar a quarta vitória consecutiva na prova e diminuir a diferença para os líderes, que chegou a duas horas e oito minutos, para 52 minutos no dia de hoje, Palmeirinha se mantém realista quanto as suas chances na competição. “Foi muito bom vencer mais uma vez, mas acredito que o rali se definiu hoje. Os próximos três dias terão trechos cronometrados que não superam os 200 km de extensão e assim, não devemos ter alterações nas primeiras posições. A exceção pode ser a briga pelo segundo lugar entre o (Reinaldo) Varela e o (João) Franciosi, já que a diferença entre eles é pequena. No nosso caso em específico é complicado tirar mais de 50 minutos para o Mauricio (Neves) em especiais curtas, mas vamos continuar jogando o “nosso futebol” até o fim”, explicou Palmeirinha.


Segundo a organização da prova, os dias mais difíceis da competição se encerraram nesta terça-feira. Amanhã, o Rally dos Sertões segue para Senhor do Bonfim/BA.
15 de agosto – Lençóis/BA a Senhor do Bonfim/BA
Total: 478 km
Deslocamento inicial: 265 km
Trecho Cronometrado: 170 km
Deslocamento final: 43 km


O resultado extra-oficial dos carros na 6ª especial da prova.
1º Paulo Nobre/Filipe Palmeiro (BMW), 3h22min19s
2º João Antônio Franciosi/Eduardo Bampi (Mitsubishi), a 1min06s
3º Reinaldo Varela/Marcos Macedo (Mitsubishi), a 10min10s
4º Marlon Koerich/Joseane Koerich (Chevrolet), a 10min58s
5º Ubiratan Francisco Franciosi/Flavio Marinho (Mitsubishi), a 12min17s
6º Mauricio Neves/Clécio Maestrelli (Mitsubishi), a 12min41s
7º Marcos Cassol/Kleber Cincea (Mitsubishi), a 13min50s
8º Paulo César Bertolini/Vanderlei Dala Costa (Mitsubishi), a 17min16s
9º Pedro Paulo Gouvea Jr/Wagner A. de Paula (Mitsubishi), a 19min33s
10º Arilo De Alencar Júnior/Alexandre P. Thomaz (Mitsubishi), a 19min46s


A classificação extra-oficial da prova entre os carros está assim:
1º Mauricio Neves/Clécio Maestrelli, 27h31min38s
2º Reinaldo Varela/Marcos Macedo, a 20min30s
3º João Antônio Franciosi/Eduardo Bampi, a 27min52s
4º Paulo Nobre/Filipe Palmeiro, a 52min38ss
5º Marcos Cassol/Kleber Cincea, a 1h21min40s
6º Marcos Baumgart/Alessandro Fabricio, a 2h21min08s
7º Pedro Paulo Gouvea Jr/Wagner A. de Paula, a 2h26min17s
8º Angelo Guazzelli/Carlos Eduardo Brites, a 2h40min07s
9º Sven Fischer/João Luis Stal, a 2h42min26s
10º Francisco Humberto Gallucci/Humberto Gallucci, a 4h07min32s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *