Rally: Paulista de Cross Country 2007 traz novidades no regulamento

Pindamonhangaba começa a viver nesta sexta-feira (9), movimentação com a chegada da caravana do Campeonato Paulista de Rally Cross Country, que será disputado em três provas especiais no sábado, em percurso montado em área de reflorestamento situada na divisa da cidade com o município de Taubaté.


A organização da prova espera um número recorde de inscritos para a etapa de abertura da temporada e segundo Deco Muniz, organizador do certame, algumas alterações no regulamento técnico e desportivo deverão aumentar ainda mais o equilíbrio que caracteriza o campeonato paulista como principal opção das equipes particulares em todo o País:

 


“Além de concentrar as provas em cidades próximas da Capital, fizemos pequenos ajustes no regulamento técnico, em particular na categoria Production, onde não será permitida a inscrição de pilotos que já conquistaram títulos estaduais ou nacionais. Com isso queremos consolidar essa opção como a verdadeira porta de entrada de novos competidores no Cross Country. Também não deixamos de lado outras oportunidades para as duplas que querem participar de outros certames: nosso calendário foi criado para evitar coincidência de datas com os eventos da Mitsubishi Cup e o próprio Brasileiro.”


 


Das oito etapas do campeonato sete delas serão realizadas em cidades distantes dentro de um raio de 200 quilômetros de São Paulo, exceto a etapa de Ribeirão Preto, onde a temporada prossegue dia 10 de março. Da mesma forma, todas as etapas serão disputadas em dois dias, sendo a sexta-feira reservada para a vistoria técnica e briefing às equipes, exceto a terceira rodada, que terá três dias de disputadas e valerá como três etapas, cada uma delas nas cidades de São Carlos, Aguaí e Pirassununga, respectivamente nos 28, 29 e 30 de abril. As outras cidades que constam do calendário de 2007 são Mogi das Cruzes, Ilha Comprida e Taubaté. O Campeão será conhecido após a aplicação do critério N-2, ou seja, serão descartados os dois piores resultados de cada dupla.


 


Os automóveis admitidos no Paulista Cross Country 2007 serão divididos em quatro categorias – Production, Super Production, Pró e Protótipos/Força Livre, sendo que uma quinta categoria será aberta para caminhões. Na Production, reservada a pilotos estreantes, novatos e aqueles que ainda não obtiveram nenhum título, será permitido apenas o uso de um amortecedor por roda para veículos com gerenciamento eletrônico. Na parte desportiva a tabela de penalidades foi revisada em função da características do certame paulista e a planilha, também conhecida como livro de bordo, utiliza o código de informações estabelecido pela FIA e já utilizado em provas do tipo Rali dos Sertões. 


 


Equipes não escondem ansiedade para iniciar nova temporada


 


A  esperança de manter o título ou revidar uma derrota sofrida em 2006 marca o espírito das principais equipes que já confirmaram inscrição no 2º. Rally Haras Paulista. Equipe campeã e vice em 2005 e 2006, respectivamente, na categoria Super Production, o X Rally Team optou em concentrar seus esforços no Paulista de Cross Country este ano, como explica o navegador Beco Andreotti:


 


“Trata-se do campeonato brasileiro que representa o melhor cenário de disputa multimarcas do País, pois reúne as melhores equipes e oferece um bom retorno promocional. Este ano vamos com duas duplas formadas pelo Marcos Baumgart e Gabriel Foltram e Cristian Baumgart e eu. Teremos dois Mitsubishi L200 Evolution”.


 


Campeão na categoria Protótipos em 2006 e um dos pilotos mais jovens do circo, Vitor Valente também já confirmou que vai defender o título conquistado aos 21 anos de idade. Por seu lado, as três duplas da equipe Pro Macchina inscreveu dois Mitsubishi L200 Evo para Maurício Neves/Clécio Maestrelli e Felipe Bibas/Emerson Cavassim, enquanto Oscar Bibas/Gilson Rocha tripularão uma L200RS:


 


“Como ainda não definimos nosso calendário de atividades para 2007, o carro do Oscar e do Gilson ainda será usado na configuração L200 RS. Como não competimos desde dezembro, todos nós estamos lotados de adrenalina e não vemos a hora de chegar a Pinda”, declarou Maurício Neves


 


Campeão em seu ano de estréia na categoria Production e com 21 anos de idade, Adriano Leão mantém como navegador Marcos Macedo, vice-campeão dos Sertões e campeão brasileiro de Cross Country em 2006 em dupla com Reinaldo Varela. “A experiência do Macedo é um fator de tranqüilidade e me ensina muita coisa”, disse Macedo, antes de concluir que “Vamos pensando em ganhar horas de vôo, mas isso não quer dizer que não vamos pensando em lutar pela vitória na categoria Super Production”.


 


O Campeonato Paulista de Rally Cross Country 2007 tem o patrocínio da Mercedes-Benz, co-patrocínio de Motor Trailler e ASA Alumínio e apoio de Revista 4×4 & Cia, Guinchos Work, Trilha 23 Concessionária Troller, Suzaquim Indústria Química, VP Adesivos Especiais, Intercon Dakar/Donatti Acessórios, Miolo Vinhedos e Vinhos Finos, AutoPinda Concessionária Chevrolet, Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba, Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer de Pindamonhangaba e do Jeep Clube Taubaté. A organização é da RallySP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *