Rally: quebra do diferencial tira chance de pódio e Tony Almeida e Celio di Pace

A dupla paraibana não teve um final de semana como planejado, ainda no Km 11 da segunda volta houve a quebra do diferencial dianteiro do veículo, o que impossibilitou qualquer chance de bons resultados como era esperado.

“Na primeira volta fomos comedidos no reconhecimento da pista e ficamos na 5ª colocação, nada mal! Já na segunda volta vínhamos muito rápido, baixando consideravelmente nosso tempo em relação à primeira volta, mas infelizmente não contávamos com a quebra do diferencial dianteiro, esse tipo de quebra não nos obriga a parar, dá para continuar a prova, mas o veículo perde cerca de 50% da sua dirigibilidade e nesse momento deixamos de competir e passamos a participar da competição, mas são coisas de corridas e temos que aceitar”. Disse o Piloto Tony Almeida logo após sua participação.


“Tínhamos planos de encerrar esta última etapa com mais um pódio, mas infelizmente as coisas não saíram como nós planejamos, mas enfim vamos nos preparar e no próximo ano nos tornar bem mais competitivos dentro do Mitsubishi Cup”. Revelou o Navegador Celio Di Pace.


A participação da dupla paraibana no Mitsubishi Cup foi proveitosa, afinal de contas com apenas duas participações em etapas já chegaram ao pódio e isso é muito, já que estamos falando de um nível de pilotos e navegadores com bastante experiência em rallys como o DAKAR e SERTÔES. “Acredito que cumprimos nosso objetivo para esse ano dentro do Mitsubishi Cup, vamos treinar o máximo possível e nos entrosar ainda mais como piloto e navegador para chegar à próxima temporada bastante competitivo e ai sim! Disputar os primeiros lugares, que é nosso maior objetivo” Finalizou Tony Almeida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *