Rally: X Rally Team termina primeira especial do Sertões e chega a Minaçu

Os competidores chegaram nesta quinta-feira na cidade de Minaçu (GO), após prova que foi classificada como seletiva. As duplas da equipe X Rally Team, que competem nos carros pela categoria Protótipos, Marcos Baumgart/Alessandro Fabrício e Cristian Baumgart/Beco Andreotti, conseguiram passar pelo duro percurso e concluíram em sétima e nona posições.

Os competidores das categorias motos, quadriciclos, carros e caminhões enfrentarão percurso de 590 km no total, entre as cidades de Goiânia e Minaçu (GO). O deslocamento inicial até a largada da especial foi de 249 km e o trecho cronometrado, teve 334 km, com deslocamento final de 7 km.

Marcos Baumgart, carro 203, comenta sobre o desempenho da equipe: “Foi um percurso duro, muita pedra, erosões e trecho com rio. Passamos pelo Marlon que estava atolado. O pneu Goodyear mostrou bastante resistência nesses trechos com pedras e riachos. Tivemos cautela e poupamos o carro para a especial desta sexta que será comprida. Espero um bom rendimento do carro”.

O carro 220, de Cristian Baumgart/Beco Andreotti, apresentou problemas na turbina que quase deixa a dupla fora da prova. “O tubo de retorno de óleo da turbina escapou, vazou óleo e pegou fogo. Fomos rápidos, lavamos a turbina, conseguimos solucionar o problema e completar os últimos 150 quilômetros na mesma posição de largada, em nono”, explicou o navegador Beco Andreotti.

A 15ª edição do Rally Internacional dos Sertões terá 4.776 quilômetros de percurso – 2.741 deles cronometrados. Largada de deslocamento em Goiânia e a chegada está prevista para o dia 17 em Salvador. Nesta sexta, a largada da segunda especial terá chegada em Palmas (TO), total do dia será de 683 km.

CENÁRIO

Pela segunda vez consecutiva que Minaçu (GO) fez parte do roteiro do Rally dos Sertões. A cidade, que está localizada no extremo norte de Goiás, na bacia hidrográfica do Tocantins, população estimada de 34.000 habitantes.

Como atração turística a cidade conta com o Lago da Serra da Mesa, um lago espelhado de 1.784 km² de extensão, ecoturismo e pesca. O reservatório é formado pelo barramento das águas do Rio Tocantins na altura do Minaçu, onde está a hidrelétrica de Serra da Mesa. Beleza de encher os olhos, por esta razão, o local foi escolhido para abrigar a estrutura do rali.

Minaçu também conta com o Córrego do Lajeado igualmente procurado pelos turistas pelas cachoeiras: do Lageado e a das Pedras. Além delas conta com a Cachoeira do Rajado com tem cinco metros de altura e um túnel de extensão desconhecida nas suas profundezas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *