Skip Barber: Victor Carbone encerra primeira tenporada no automobilismo com bons resultados na Carolina do Norte

O último final de semana (4 e 5) foi de encerramento de temporada para Victor Carbone (Nevoni), nem que seja somente no automobilismo. Competindo na Carolina do Norte (EUA), no Virginia International Raceway, o paulista disputou a última rodada dupla do ano na Skip Barber National e finalizou sua primeira temporada no automobilismo na 15ª posição no campeonato.

“Estou bastante satisfeito com esta minha primeira experiência no automobilismo”, aponta Carbone. “Das sete rodadas duplas do calendário, disputei apenas quatro e terminei em 13º entre exatos 40 competidores”, emenda o piloto.


 


Na última rodada dupla do ano, Carbone obteve a 10ª posição no grid de largada de uma das categorias-escola mais importantes do automobilismo mundial. “Se eu tivesse conseguido pegar um pouco mais de vácuo, poderia ter largado melhor. Os carros da Skip Barber dão muito vácuo”, conta.


 


Na largada da primeira corrida, Carbone conseguiu ganhar duas posições e a prova se dividiu em dois pelotões. O paulista ficou no primeiro, em 6º, durante boa parte da prova. Na disputa por posição, Carbone foi fechado por um adversário e os dois foram para a grama. “Voltei rápido e depois de quatro voltas consegui alcançar um pelotão de três carros. Passei todos e finalizei em 7º”, narra o piloto apoiado pela Nevoni.


 


Largando em 7º na segunda corrida, Carbone se manteve em sua posição e acompanhou o pelotão dianteiro. “Desta vez estava mais difícil, pois meu carro estava saindo muito de frente”, conta Carbone, que chegou a estar em 6º, mas acabou forçando em uma entrada de reta e rodou, terminando em 10º.


 


O balanço final foi bastante positivo. “Nesta última etapa andei no pelotão dianteiro e evolui muito. No campeonato também foi muito bom, pois competi em pouco mais da metade das corridas e obtive uma boa colocação final”, finaliza o piloto, que agora voltará ao Brasil para disputar algumas provas de kart. “Não quero ficar parado”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *