Spyder Race: Imagens comprovam versão de Posses sobre acidente na sexta etapa

Piloto paulista também foi tocado na largada da corrida passada, e não foi o causador da confusão que acabou tirando Celso Freitas da disputa.

Injustamente apontado como causador do acidente ocorrido na largada da sexta etapa da Spyder Race, realizada há cerca de um mês no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, o paulista Rodrigo Posses foi totalmente eximido de culpa pela batida que comprometeu a corrida de Antonio Avallone Jr., e tirou Celso Freitas da disputa pelo pódio na corrida passada.


 


Embora não tenha sido considerado culpado pela direção de prova, Posses havia sido apontado pelos pilotos como responsável pelo acidente, mas teve sua versão confirmada pelo vídeo da câmera onboard fixada em seu carro.


 


As imagens mostram o piloto ocupando o espaço correto na tomada da curva, e mudando de trajetória somente após receber um toque na traseira. Por causa da batida, a frente do carro de Posses aponta repentinamente para o muro da parte interna do circuito, e só então ocorre o choque que provocou a entrada do safety car na pista.


 


“Foi um mal entendido, e realmente não tive nenhuma culpa pelo acidente”, declarou o piloto. “Não é da minha índole abrir caminho na base da batida, e realmente virei passageiro do carro em virtude do toque que tomei na traseira. É muito ruim carregar a culpa por um acidente. E ser apontado como causador de uma batida em que, na verdade, também fui vítima, é ainda pior”, acrescentou.


 


A Spyder Race volta à ativa nesta semana, para a sétima etapa da temporada 2008. A competição segue sendo liderada por Fabio Perez, que soma 86 pontos na tabela. A segunda posição é ocupada por Antonio Avallone Jr., que tem 65. Pela classe Light da categoria, Rony Martins é o primeiro com 107, seguido por José Cardoso, que tem 77.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *