Stock: Antonio Pizzonia aprova temporada de estréia na categoria

O amazonense garante que a experiência será muito positiva para seu futuro.

A temporada 2007 da Copa Nextel Stock Car chegou a seu final e o amazonense Antonio Pizzonia (TMais/Win Motorsport) ficou satisfeito com o desempenho apresentado em seu ano de estréia na categoria. “Minha temporada foi dentro do planejado e atendeu minhas expectativas. Não é fácil entrar numa categoria tão competitiva, após o início da temporada e sem conhecer o carro e os circuitos do campeonato”, conta. A décima segunda etapa da competição aconteceu na manhã deste domingo, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Apesar de estrear apenas na quinta etapa em Londrina, Antonio Pizzonia foi um dos melhores novatos do ano. O piloto andou constantemente entre os primeiros colocados, mas teve alguns contratempos durante o ano. Quebras e toques de adversários o impediram de somar mais pontos na classificação final. “O resultado final muitas vezes não fez jus ao desempenho durante as provas”, explica. O manauara acredita que a experiência obtida será muito útil para seu futuro na categoria. “Eu agora conheço os circuitos, competições de turismo e o carro da Stock Car. Vai ajudar bastante”, completa.

Na etapa paulistana, a corrida de Pizzonia ficou comprometida logo na primeira volta. Muitos pilotos rodaram e saíram da pista nas primeiras curvas, e o amazonense foi obrigado a frear muito forte para não se envolver na confusão. Seu bólido arrastou de lado por um bom tempo e seus pneus ficaram totalmente quadrados. “Nas primeiras 15 voltas o carro trepidava demais e era muito difícil contornar as curvas para a esquerda”, explica o representante da TMais.

A partir da metade a prova, o Bora do amazonense melhorou o rendimento e numa grande recuperação o competidor alcançou a zona de pontuação. Na última volta ele estava na 15ª posição quando Allam Khodair bateu fortemente em sua traseira na curva do Pinheirinho. “Eu realmente não entendi o acidente. Faltava meia volta pra terminar a corrida e ele me tirou dos pontos”, fala o piloto da Win Motorsport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *