Stock: Átila Abreu ocupa o terceiro lugar no campeonato

Gustavo Sondermann abandonou com problemas elétricos e Átila Abreu levou a bandeirada em sétimo.

Marcada por grandes disputas e equilíbrio, a segunda etapa da Copa Caixa Stock Car teve o paulista Allam Khodair (Blau Full Time) como vencedor. Ele completou as 33 voltas no circuito do Autódromo Internacional de Curitiba (PR) em 45min56s768. Apenas 1s967 atrás chegou Ricardo Mauricio (Eurofarma RC), seguido de Nonô Figueiredo (Cosan), que completaram o pódio. Quarto colocado, Max Wilson (Eurofarma RC) ampliou sua liderança no certame para 39 pontos, agora seguido de Nonô, com 32, e Atila Abreu em terceiro com 29. Khodair é o quarto com 25 pontos.

Envolvido no engavetamento na primeira curva logo após a largada, Átila Abreu (Zinco Jeanswear/Baterias Líder/Santa Carolina/Hospital Santa Helena) enfrentou dificuldades com o capô de seu carro que quebrou e ficava levantando nas retas e curvas rápidas. “Na primeira freada fiquei espremido e acabei levando e dando toque, normal de corrida. Como o capô quebrou, o carro ficou desequilibrado e acabou provocando um maior consumo de pneus. O importante foi levar até o final e pontuar novamente”, explicou o mais jovem piloto da categoria, que recebeu a bandeirada em sétimo e agora sustenta a terceira colocação no campeonato.

Melhor novato da Copa Caixa Stock Car, Gustavo Sondermann ((Aon/Icec/Cyrela) ficou comboiando o atual campeão Cacá Bueno (Red Bull Racing) até ser obrigado a abandonar a competição na 20ª volta por problema elétrico. “O carro era bom e eu estava fazendo a mesma tática do Cacá, que era atacar no final da corrida. Foi uma pena esta pane, porque o box da equipe foi muito eficiente e eu ganhei muitas posições no pit stop. Vamos pra próxima tentar pontuar novamente”, confia.

O diretor esportivo da AMG Motorsport (3M/Poliron/Beta), Ingo Hoffmann acha que o resultado foi satisfatório. “Dentro dos problemas que tivemos, foi bom. Com o capô levantando, todo o comportamento do carro foi alterado. O Átila teve uma atitude inteligente de marcar pontos e continua na briga pelo playoff. O Gustavo vinha bem e não teve o que fazer com a falha elétrica”, ponderou. “O legal é que a equipe foi super eficiente no abastecimento e troca de pneus e ganhamos posições com os dois carros”, elogiou o doze vezes campeão da Stock Car.

A próxima etapa da Stock Car vai inaugurar o Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul, no dia 02 de maio.

A equipe AMG Motorsport tem patrocínio de 3M e Poliron, com apoio de Beta Ferramentas.

Confira o resultado da prova de Curitiba da Copa Caixa Stock Car: 1-Allam Khodair, 33 voltas em 45:56.768; 2-Ricardo Mauricio, a 1.967; 3-Nonô Figueiredo, a 1.261; 4-Max Wilson, a 3.566; 5-Valdeno Brito, a 8.548; 6-Marcos Gomes, a 11.257; 7-Átila Abreu, a 23.966; 8-Thiago Camilo, a 30.204; 9-Cacá Bueno, a 39.816; 10-Lico Kaesemodel, a 42.552, 11-Giuliano Losacco, a 43.391; 12-Daniel Serra, a 52.461; 13-Ricardo Zonta, a 52.628; 14-Pedro Gomes, a 54.629, 15-Felipe Maluhy, a 54.878; 16-Popó Bueno, a 55.167; 17-Cláudio Ricci, a 55.289; 18-Diego Nunes, a 55.543; 19-Alceu Feldman, a 59.100; 20-Constantino Jr, a 1:03.755; 21-Christian Fittipaldi, a 4 voltas; 22-Alan Hellmeister, a 5 voltas; 23-Betinho Gresse, a 10 voltas; 24-Gustavo Sondermann, a 13 voltas; 25-Thiago Marques, a 15 voltas; 26-Xandinho Negrão, a 16 voltas; 27-Antonio Jorge Neto, a 17 voltas; 28-Antonio Pizzonia, a 18 voltas; 29-Duda Pamplona, a 24 voltas; 30-Luciano Burti, a 28 voltas; 31-Julio Campos, a 29 voltas; 32-Tarso Marques, a 29 voltas; .3-Rodrigo Sperafico, a 31 voltas.

Confira a pontuação dos dez primeiros na Copa Caixa Stock Car: 1º) Max Wilson, 39 pontos; 2º) Nonô Figueiredo, 32; 3º) Atila Abreu, 29; 4º) Allam Khodair, 25; 5º) Ricardo Maurício, 20; 6º) Daniel Serra e Lico Kaesemodel, 18; 8º) Valdeno Brito, 12; 9º) Rodrigo Sperafico, Felipe Maluhy e Marcos Gomes, 10.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *