Stock: Átila Abreu quer brigar pela primeira vitória em Brasília

“Meninão da Stock Car” larga da quinta fila e está confiante.

A segunda corrida da Superfinal da Stock Car tem tudo para ser extremamente equilibrada e emocionante. Afinal, a diferença entre os pilotos nos treinos classificatórios neste sábado (08/11) foi mínima, com pequena vantagem para o líder Ricardo Maurício (Medley), que conquistou a sua segunda pole position em Brasília (DF). “O grid está tão justo que muita gente pode vencer amanhã (domingo). Largando da quinta fila com o carro e time que tenho, sou candidato a conquistar a minha primeira vitória”, avisa o sorocabano Átila Abreu (Joy Kidswear/OTG/Colonial Rodas/Roca Cestas Básicas/Banco BMG), quinto colocado na Copa Nextel. A 10ª etapa da Stock Car vai ser disputada as 11 horas deste domingo (09/11), com transmissão ao vivo pela Rede Globo de Televisão.


Na primeira fase do treino classificatório, com os 34 pilotos na pista, o grid inteiro ficou separado por apenas 0s864, sendo que os 26 primeiros estavam dentro de meio segundo. E do mais rápido até Átila Abreu, o 14º nesta primeira qualificação, a diferença foi inferior a dois décimos de segundo. “A nossa meta era passar para a segunda fase com os dois pilotos da equipe, e conseguimos. O carro estava bom e a concentração teve que ser total, pois qualquer erro e cairíamos muitas posições por causa do equilíbrio da categoria”, comentou o ‘Meninão da Stock Car’. Só como referência, na segunda etapa, disputada neste mesmo anel externo do Autódromo Internacional Nelson Piquet, apenas os quatro primeiros da primeira fase estavam separados pelos mesmos dois décimos de segundo.


Na segunda classificação Átila Abreu conseguiu melhorar a sua performance e conseguiu garantir uma posição na quinta fila, com o décimo tempo. “Lógico que queríamos ficar entre os seis primeiros, mas o equilíbrio está fantástico. O importante é que os dois carros da equipe estão entre os primeiros e isso mostra que estamos realmente competitivos e temos condições de ir brigar lá na frente”, planeja o estreante de 21 anos de idade, que é um dos dez únicos que podem brigar pelo título, e que tem só quatro pilotos do playoff a sua frente, sendo que dois deles estão atrás na pontuação. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *