Stock: Bassani termina temporada entre os dez primeiros em Interlagos

Pedro Gomes foi o 7º colocado e David Muffato sofreu com batidas em praticamente todo seu carro

Neste domingo terminou a temporada 2008 da Copa Nextel Stock Car. O Autódromo de Interlagos, São Paulo, recebeu a prova que consagrou Ricardo Mauricio como o grande campeão. A corrida também marcou a despedida de Ingo Hoffmann, depois de 30 anos na principal categoria do automobilismo nacional. A equipe RC3 Bassani, Itaipava Racing Team, terminou o ano com um 7º lugar de Pedro Gomes. David Muffato foi vitima de vários acidentes durante a corrida e abandonou a corrida na 13ª volta. A equipe terminou o ano com 57 pontos e a 13ª colocação no geral. Foram 11 pontos a mais que no ano passado. “Terminamos o ano onde é o nosso lugar: entre os dez primeiros. Enfrentamos alguns problemas nas ultimas provas, mas aqui em São Paulo fizemos um bom trabalho com o Pedro Gomes. O David já sofreu uma pancada na primeira curva e teve a corrida totalmente comprometida. Terminamos o ano em 13º e com 11 pontos a mais que na temporada passada. Ano que vem os carros mudam e estaremos mais estruturados para buscar melhores resultados”, disse Eduardo Bassani, engenheiro chefe do time.


 


A corrida foi marcada por vários acidentes. Na primeira curva, Muffato já foi tocado por um adversário e teve sua carenagem comprometida. Na segunda volta um acidente forte entre Felipe Maluhy e Norberto Gresse na reta dos boxes obrigou a entrada do carro de segurança. Muffato aproveitou para realizar reparos no carro. “Tomei uma pancada e a traseira do meu carro praticamente desmanchou. Ainda conseguimos continuar na corrida até o abastecimento. Quando fui abastecer percebemos que a entrada do tanque estava danificada. Voltas depois abandonei. O carro, mesmo ‘desmanchando’, estava virando bem. Foi uma pena”, explicou Muffato.


 


Pedro Gomes largou em 9º e perdeu uma posição na largada. Depois do carro de segurança, o piloto da Itaipava Racing Team manteve o mesmo ritmo dos ponteiros e realizou uma corrida bem constante. Ele cruzou a linha de chegada em 9º, mas herdou duas posições com a punição a Tarso Marques e Rodrigo Sperafico. “O carro estava bom durante toda a corrida. Meu ritmo era rápido e sabia que poderia pontuar bem. Com o 7º lugar alcancei meu objetivo que era chegar à frente de onde larguei”, explicou Gomes.


 


A corrida foi vencida pelo paulista Thiago Camilo. Ricardo Mauricio ficou com o título e Marcos Gomes com o vice-campeonato. Ingo Hoffmann, na sua despedida, foi o 3º colocado. No Campeonato de Equipes, três foram rebaixadas para a Copa Vicar: Nascar, Nova RR e K-Med.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *