Stock: Bernoldi surpreende na classificação em Interlagos

Enrique Bernoldi (Cerveja Colonial) surpreendeu em seu retorno à Stock Car. Ainda em fase de adaptação ao novo carro e ao novo time, a RCM, o paranaense, por pouco, não conquistou uma vaga entre os dez primeiros do grid.

Em seu primeiro contato com o carro novo equipado com os pneus de chuva da Goodyear (quando competiu pela primeira vez, em 2007, a Stock usava compostos Pirelli), o ex-piloto da Arrows na F-1 registrou o 11º tempo, ficando apenas 0s019 atrás de seu parceiro, o paraibano Valdeno Brito.

“De manhã já tive um bom sinal e fiquei em sétimo. E isso me fez esperar um desempenho ainda melhor na classificação”, disse o piloto de 30 anos. No entanto, a sessão extra de dez minutos antes da classificação, para os competidores se adaptarem aos pneus de chuva, acabou atrapalhando-o.

“O pneu ficou bastante desgastado em função dos 10 minutos do treino de reconhecimento. E isso atrapalhou meu desempenho na primeira classificação; já a segunda foi melhor”, continuou Bernoldi, que prestou muito atenção no desempenho e consumo dos pneus neste sábado.

“Quando estava caindo uma chuva torrencial na classificação, o rendimento dos pneus estava ótimo. Mas, quando estava apenas garoando, ficou difícil. O carro saía muito de frente”, analisou Enrique, que não ficou contente com a previsão de chuva para a corrida de amanhã, marcada para as 11h (de Brasília).

“A corrida na chuva tem que usar muito a cabeça, porque pode acontecer de tudo. Tem que contar um pouco com a sorte”, finalizou o piloto, que volta ao Brasil após um ano competindo na Fórmula Indy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *