Stock: Burti abandona na 7ª volta

Vazamento de óleo apareceu antes mesmo de o piloto alinhar seu carro no grid. “Terminar a corrida seria lucro”.

O início da temporada 2010 da Copa Caixa Stock Car não foi nem de longe o que estava nos planos de Luciano Burti. Em um final de semana problemático com a mecânica de seu carro, o piloto do Itaipava Racing Team se viu forçado a abandonar a corrida na sétima das 29 voltas no final da manhã deste domingo (28) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A vitória ficou com Max Wilson.

Durante os treinos livres, Burti relatou um vazamento de óleo, e no classificatório, um problema de aderência o relegou ao 22º lugar no grid. E no domingo, o piloto viu que as coisas também não seriam fáceis. “Assim que abriram os boxes para os pilotos fazerem as primeiras voltas de instalação e alinhar o carro para a largada, já vi que havia um problema”, relatou. “Logo que demos partida no motor, o filtro de óleo estourou. Fizemos o reparo, mas não tive como ajustar antes de levar o carro para o grid”, lembra.

De acordo com Burti, este é um problema comum neste estágio inicial dos novos motores da Stock Car. “É uma coisa recorrente, e está acontecendo com vários carros, mas que precisa ser corrigida logo”, apontou.

Com isso, restava ao piloto do carro número 14 fazer uma prova conservadora e receber a bandeira quadriculada. “Não fiz uma boa largada, mas ganhei algumas posições por situação de corrida, mesmo. Eu vinha na batida, e a direção hidráulica começou a apresentar defeito. Depois disso, o carro perdeu muita potência e veio muita fumaça para dentro do cockpit. Tudo o que fiz foi levar o carro aos boxes, e acabou ali”, lembrou.

A próxima etapa acontece em Curitiba (PR), no dia 11 de abril. “Até lá, vamos trabalhar para arrumar a casa”, afirmou Burti.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *