Stock: Cacá Bueno faz a Superpole Pioneer em Brasília e pode ser tetracampeão amanhã

Vitória no autódromo brasiliense dará ao piloto da Red Bull Racing o título da temporada, desde que Max Wilson não seja segundo; Rede Globo transmite a prova ao vivo às 11h15

Cacá Bueno é o único piloto na Mobil Super Final que poderá conquistar o título amanhã, na 11ª etapa da Copa Caixa Stock Car, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília. E depois do treino de classificação deste sábado, as chances do piloto da Red Bull Racing garantir o tetracampeonato ficaram maiores porque ele marcou a pole position para a corrida que terá largada amanhã às 11h15, com transmissão ao vivo da Rede Globo. Seu concorrente mais próximo na classificação, o atual campeão Max Wilson (Eurofarma RC), sairá apenas na vigésima colocação, e precisa de pelo menos um segundo lugar para manter aberta a disputa pelo título na última etapa, dia 6 de novembro no Velopark (RS).

“Essa pole position de hoje foi tão difícil quanto uma corrida”, admitiu Cacá Bueno, que nas 11 etapas até agora garantiu cinco vezes a posição de honra no grid. “Queria também agradecer demais o trabalho da equipe e, sobretudo, o Daniel Serra. Ele me ajudou demais com o vácuo no Q1. Depois, mexemos para o Q2 e o carro ficou melhor ainda. O Andreas Mattheis (chefe de equipe) também entende de carro como poucos e achamos um acerto muito consistente para garantir a posição.” Com a conquista da Superpole Pioneer, Bueno ganhou mais um cheque de R$ 4 mil.

Com 255 na tabela, Cacá Bueno terá uma condição favorável no abrasivo asfalto do autódromo de Brasília. “Foi uma daquelas voltas de um minuto que o piloto não respira”, descreveu Cacá Bueno, que terá ao seu lado na primeira fila o dono de três vitórias na temporada, o paulista da Ipiranga RCM Thiago Camilo. “Consegui uma boa vantagem para os meus adversários, e vou procurar fazer uma prova consistente. E, como todos os pilotos na superfinal têm chances de ser campeão ainda, não vou na loucura de querer vencer a qualquer custo.”

Em terceiro no grid, Ricardo Maurício (Eurofarma RC) tem 246 pontos e ocupa a mesma condição na classificação na temporada 2011 da Copa Caixa Stock Car, apenas dois pontos atrás do vice-líder e companheiro Max Wilson. “Vou correr marcando os pilotos que estão atrás de mim e podem também conquistar o título, como o Max, o Ricardinho, o Popó… O importante é ter um carro rápido amanhã, com uma boa performance, mas também não posso esconder que o lugar que eu já conquistei é ótimo”, disse Ricardinho.

Sobre as chuvas que insistem em cair pesado em Brasília, o piloto que este ano venceu em São Paulo (2ª etapa), Rio de Janeiro (6ª) e Londrina (10ª) não está preocupado. “Nossa equipe não está trabalhando com essa hipótese de chover. Essa semana toda, a gente viu que pela manhã não choveu, e a água caiu sempre mais na parte da tarde. Se a gente levar em conta o horário de verão (os relógios serão adiantados em uma hora na madrugada de sábado para domingo), a corrida será ainda mais cedo. Então estamos apostando nisso”, falou Cacá Bueno.

A preocupação verdadeira do líder do campeonato na 11ª etapa será com a parada obrigatória nos boxes para reabastecimento. “O trabalho de box do Meinha (Rosinei Campos, chefe da Eurofarma RC) é sempre muito bom e nosso time não foi muito bem nas últimas”, contou o pole position da terceira corrida da Mobil Super Final.

Ordem de largada da 11ª etapa da Copa Caixa Stock Car / 3ª da Mobil Super Final
Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília (DF)

1º) (MSF) Cacá Bueno, Red Bull Racing (Peugeot) – 58s613
2º) (MSF) Thiago Camilo, Ipiranga RCM (Chevrolet) – 58s625
3º) (MSF) Ricardo Maurício, Eurofarma RC (Chevrolet) – 58s642
4º) Duda Pamplona, Officer ProGP (Chevrolet) – 58s679
5º) Felipe Maluhy, Officer ProGP (Chevrolet) – 58s746
6º) (MSF) Allam Khodair, Blau Vogel (Chevrolet) – 58s768
7º) Valdeno Brito, Esso Mobil Super Racing FTS (Chevrolet) – 58s773
8º) (MSF) Daniel Serra, Red Bull Racing (Peugeot) – 58s845
9º) (MSF) Átila Abreu, AMG Motorsport (Chevrolet) – 58s974
10º) Giuliano Losacco, Hot Car Competições (Chevrolet) – 59s023

11º) Lico Kaesemodel, Credipar RCM (Chevrolet) – 58s526
12º) (MSF) Marcos Gomes, Medley Full Time (Peugeot) – 58s542
13º) Julio Campos, Crystal Racing Team (Chevrolet) – 58s565
14º) Rodrigo Sperafico, JF Racing (Peugeot) – 58s616
15º) (MSF) Luciano Burti, Itaipava Racing Team (Peugeot) – 58s616
16º) Tuka Rocha, BMC Vogel (Chevrolet) – 58s623
17º) (MSF) Popó Bueno, A. Mattheis Motorsport (Chevrolet) – 58s630
18º) Nonô Figueiredo, Esso Mobil Super Racing (Chevrolet) – 58s641
19º) Ricardo Zonta, Crystal Racing Team (Chevrolet) – 58s676
20º) (MSF) Max Wilson, Eurofarma RC, (Chevrolet) – 58s683
21º) Denis Navarro, Bassani Racing (Peugeot) – 58s756
22º) Xandinho Negrão, Medley Full Time (Peugeot) – 58s945
23º) David Muffato, Itaipava Racing Team (Peugeot) – 59s054
24º) Alceu Feldmann, A. Mattheis Motorsport (Chevrolet) – 59s077
25º) Bruno Junqueira, Bassani Racing (Peugeot) – 59s218
26º) Eduardo Leite, Hot Car Competições (Chevrolet) – 59s390
27º) Rodrigo Navarro, JF Racing (Peugeot) – 59s470
28º) Serafin Jr., AMG Motorsport (Chevrolet) – 1min01s8

(MSF) = participam da Mobil Super Final

Classificação da temporada 2011 da Copa Caixa Stock Car:
Mobil Super Final
1º) Cacá Bueno – 255 pontos
2º) Max Wilson – 248
3º) Ricardo Maurício – 246
4º) Popó Bueno – 233
5º) Thiago Camilo – 225
6º) Luciano Burti – 223
7º) Átila Abreu – 216
—- Allam Khodair – 216
—- Marcos Gomes – 216
10º) Daniel Serra – 215 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *