Stock: Cacá Bueno vence em Tarumã

Cacá Bueno, de Mitsubishi, venceu neste domingo (23/11), a 11ª e penúltima etapa da temporada, em Tarumã, no Rio Grande do Sul. Marcos Gomes, de Chevrolet e Ricardo Mauricio, de Peugeot, completaram o pódio.

Saindo da pole-position, Mauricio manteve a ponta na largada, seguido Gomes e Cacá, que logo assumiu a segunda posição. Popó Bueno, que ainda tinha remotas chances de título, rodou na curva do laço com seu Mitsubishi, acionando o Safety-Car, que ficou apenas uma volta na pista.


Prova reiniciada Antonio Jorge Neto, de Mitsubishi, rodou sozinho, quando pressionava Gomes. Mauricio abriu seis segundos de frente para Cacá, que segurava o resto do pelotão, permitindo ao líder do campeonato ampliar a vantagem volta a volta.


Os boxes foram abertos na 17ª volta, com Mauricio parando seguido por Gomes. Enquanto Ricardo apenas reabasteceu, Marcos também trocou os quatro pneus do Chevrolet. Na volta seguinte Cacá também trocou os pneus.


Camilo era o líder, e com pista livre acelerou, tentando voltar manter a ponta, após a parada nos boxes, na 21ª volta. Ele não conseguiu, com Mauricio retornando ao primeiro lugar. 


A troca de pneus se mostrou a estratégia correta, com Cacá andando muito mais rápido do que Gomes e Mauricio. Na 29ª volta, Cacá superou Gomes, e na seguinte era o novo líder, ao passar Mauricio.


Mais rápido do que Mauricio, Gomes foi para o ataque, e a seis voltas do final, os dois fizeram um emocionante duelo, que valia não apenas a segunda posição, mas também pontos preciosos na luta pelo título da temporada.


Por quatro curvas os dois andaram lado a lado, com Mauricio, mais lento, tentando se defender de todas as formas. Retardatário, Felipe Maluhy, de Mitsubishi, apareceu entre os dois, quase atrapalhando a disputa. Gomes colocou os pneus na grama, Mauricio fritou pneu, mas acabou tendo que permitir a ultrapassagem do rival, por fora.


Cacá venceu com 6s780 de vantagem para Gomes. Mauricio fechou o pódio. Camilo, em 4º, não tem mais chances de ser campeão. Valdeno Brito e Alceu Feldman, ambos de Chevrolet, completaram os seis primeiros.


Com apenas Gomes e Mauricio na luta pelo título, e separados por um misero ponto, 286 a 285, a última etapa acontece no dia 07 de dezembro, em Interlagos, São Paulo.   


1º) Cacá Bueno (Mitsubishi, RJ), 43 voltas em 50:42.898 (média de 153.43 km/h)
2º) Marcos Gomes (Chevrolet, SP), a 6.780
3º) Ricardo Mauricio (Peugeot, SP), a 9.795
4º) Thiago Camilo (Chevrolet, SP), a 11.337
5º) Valdeno Brito (Chevrolet, PB), a 17.339
6º) Alceu Feldmann (Chevrolet, PR), a 34.538
7º) Luciano Burti (Peugeot, SP), a 34.752
8º) Rodrigo Sperafico (Mitsubishi, PR), a 42.690
9º) Thiago Marques (Peugeot, PR), a 42.726
10º) Nonô Figueiredo (Mitsubishi, SP), a 48.127
11º) Ingo Hoffmann (Mitsubishi, SP), a 50.259
12º) Duda Pamplona (Mitsubishi, RJ), a 50.288
13º) Juliano Moro (Mitsubishi, RS), a 51.439
14º) Lico Kaesemodel (Mitsubishi, PR), a 57.214
15º) Guto Negrão (Chevrolet, SP), a 57.719
16º) Daniel Serra (Chevrolet, SP), a 57.898
17º) Ricardo Zonta (Peugeot, PR), a 59.287
18º) Ruben Fontes (Peugeot, GO), a 1:00.254
19º) Norberto Gresse (Peugeot, SP), a 1:05.122
20º) Mario Romancini (Chevrolet, SP), a 1:27.867
21º) Ricardo Sperafico (Peugeot, PR), a 1 volta
22º) Felipe Maluhy (Mitsubishi, SP), a 1 volta
23º) Tarso Marques (Peugeot, PR), a 1 volta
24º) Giuliano Losacco (Peugeot, SP), a 1 volta
25º) Andre Bragantini (Peugeot, SP), a 1 volta
26º) Allam Khodair (Chevrolet, SP), a 4 voltas
27º) Hoover Orsi (Chevrolet, MS), a 5 voltas
28º) Atila Abreu (Peugeot, SP), a 8 voltas
29º) Antonio Jorge Neto (Mitsubishi, SP), a 9 voltas
30º) William Starostik (Peugeot, SP), a 27 voltas
31º) Popó Bueno (Chevrolet, RJ), a 38 voltas


Melhor Volta: Cacá Bueno, 1:06.580


Classificação do campeonato após 11 etapas
1º) Ricardo Mauricio (SP), com 286 pontos
2º) Marcos Gomes (SP), 285
3º) Thiago Camilo (SP), 252
4º) Cacá Bueno (RJ), 239
5º) Giuliano Losacco (SP), 231
6º) Valdeno Brito (SP), 224
7º) Popó Bueno (RJ), 222
8º) Atila Abreu (SP), 217
      Alceu Feldmann (PR), 217
10º) Allam Khodair (SP), 208
11º) Ingo Hoffmann (SP), 56
12º) Luciano Burti (SP), 46
13º) Duda Pamplona (RJ), 43
14º) Rodrigo Sperafico (PR), 37
15º) Nonô Figueiredo (SP), 36
16º) Antonio Jorge Neto (SP), 34
17º) Pedro Gomes (SP), 26
18º) Juliano Moro (RS), 25
19º) David Muffato (PR), 24
      Hoover Orsi (MS), 24
      Felipe Maluhy (SP), 24
22º) Júlio Campos (PR), 22
23º) Lico Kaesemodel (PR), 22
       Thiago Marques (PR), 21
25º) Daniel Serra (SP), 20
26º) William Starostik (PR), 15
27º) Ricardo Sperafico (PR), 12
       André Bragantini (PR), 12
29º) Ricardo Zonta (PR), 11
       Tarso Marques (PR), 11
31º) Carlos Alves (SP), 4
32º) Antonio Pizzonia (AM), 3
33º) Renato David (SP), 2
       Guto Negrão (SP), com 1 ponto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *