Stock Car: Maurício é o melhor com os carrinhos de rolimã

Treinos oficiais da última etapa da fase seletiva começam nesta 6ª-feira em Brasília.

 


Às vésperas da abertura dos treinos oficiais da oitava etapa, última da fase de classificação aos playoffs, os seis primeiros colocados na classificação da Stock Car realizaram uma divertida corrida com carrinhos de rolimã no Lago Sul, em Brasília. Contrariando a expectativa de que os pesos-pesados Cacá Bueno (RC) e Thiago Camilo (Vogel/Texaco) poderiam levar vantagem no circuito de cerca de 200 metros em declive, Ricardo Maurício (Medley) venceu na soma das três baterias. Mesmo cerca de 30 quilos mais leve que adversários que passam dos 90, o vice-líder da temporada ganhou duas e fez um em quarto. O veterano Ingo Hoffmann (AMG) ficou em segundo e Marcos Gomes (Medley) foi o terceiro. Valdeno Brito (JF Racing), o sexto, completou o time de pilotos.


“Só ganhei uma prova até agora na Stock Car. Espero que a segunda venha neste domingo”, afirmou Maurício, vencedor na abertura do calendário em Interlagos e um dos quatro matematicamente garantidos nos playoffs decisivos ao lado de Cacá, Camilo e Gomes. Ingo foi a surpresa da brincadeira: chegou em cima da hora, foi direto para o grid e, sempre partindo pela extrema direita da pista, terminou sempre em segundo lugar. Apesar do caráter promocional do encontro, os pilotos levaram a prova a sério e protagonizaram alguns choques sem maior gravidade.


Nesta sexta-feira, a partir das 10h30, os carros entram no anel externo do Autódromo Internacional Nélson Piquet para a primeira sessão de treinos. Serão 90 minutos e limite de 28 voltas por carro. A segunda, com o mesmo formato, será iniciada às 14 horas. A alta temperatura e os índices quase críticos de umidade relativa do ar são as maiores preocupações das equipes. Hoje, os termômetros alcançaram a marca de 35 graus. Calor forte em Brasília significa consumo elevado de pneus, agravado pela abrasividade do asfalto, e redução da potência dos motores, em função da menor entrada de ar nos motores e do empobrecimento da mistura de combustível.


Maurício está numa posição confortável. Com 93 pontos, sabe que as chances de ultrapassar os 107 de Cacá são remotas. Em contrapartida, está 16 à frente do terceiro colocado, Thiago Camilo. O companheiro de equipe Marcos Gomes tem uma missão mais complicada. Tem 20 a menos que Camilo e está sendo perseguido de perto por Ingo (54) e Valdeno (51). “Minha meta é conservar o quarto lugar. Se der para subir um pouco, ótimo, mas está difícil. Sonho também com a primeira vitória, mas antes de mais nada temos de ver como o carro se comporta aqui em Brasília a partir dos primeiros treinos.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *