Stock: Carrapatoso comemora primeiro ponto no campeonato

Mesmo depois de receber um toque de Chico Serra – no incidente que resultou na desclassificação do tricampeão –, piloto da equipe Katalogo Racing atingiu o objetivo de terminar a etapa de Jacarepaguá entre os 15 primeiros.



Mesmo tocado na traseira por Chico Serra no incidente que provocou uma das entradas do safety car na 11ª etapa da Stock Car V8 – e a posterior desclassificação do tricampeão da categoria –, o piloto paulista Ruben Carrapatoso (Katalogo Racing) pôde comemorar neste domingo (19), no Rio de Janeiro, a conquista de seu primeiro ponto no Campeonato Brasileiro.


 


Após uma corrida conturbada – já que enfrentou, também, por problemas de freio –, o campeão mundial de kart e integrante da equipe brasileira na A1 GP recebeu a bandeirada na 17ª posição, mas ficou com um ponto pelo 15º lugar após as desclassificações de Luciano Burti e Thiago Camilo, também por atitude antidesportiva.


 


“Estou satisfeito por ter marcado o primeiro ponto em minha temporada de estréia na Stock Car, mas saio dessa etapa com a certeza de que poderia ter ido ainda mais além se minha corrida tivesse sido normal”, declarou Carrapatoso. “Infelizmente recebi um toque proposital na traseira, rodei e perdi muito contato com o pessoal da frente. Tive alguns momentos de falta de sorte ao longo do ano, mas agora que rompi a barreira do primeiro ponto acredito que minha sorte possa mudar”, completou o piloto.


 


Carrapatoso teve, em Jacarepaguá, um dos fins de semana mais produtivos de sua carreira na Stock Car, já que esteve perto, também, de disputar a Super Classificação. Em sua volta lançada com pneus novos, no entanto, ele foi atrapalhado por Raul Boesel e teve que se contentar com a 20ª posição no grid de largada.


 


“O Raul e o Chico atrapalharam a nossa corrida de formas diferentes e sinto pelo Rubinho, que certamente tinha condições de terminar entre os dez primeiros. O pessoal da nova geração da Stock Car chegou realmente para andar na frente e os dinossauros da categoria terão, cada vez mais, que se acostumar com isso”, acrescentou o também ex-piloto da Stock Car Fernando Parra, que chefia a equipe Katalogo Racing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *