Stock: Categoria volta ao Rio de Janeiro em momento de decisão

A Copa Nextel Stock Car está de volta à Cidade Maravilhosa em momento de decisão. Neste domingo, a partir das 11 horas, acontece a 11ª e penúltima etapa da temporada, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá. Em jogo, o título da temporada e quatro pilotos seguem na luta: Cacá Bueno, da Eurofarma RC (Mitsubishi), Thiago Camilo, da Texaco/Vogel (Chevrolet); Rodrigo Sperafico, da Biosintética Stock Car (Volkswagen) e Felipe Maluhy, da Terra Racing (Mitsubishi).

A programação da etapa ainda prevê a oitava disputa da Stock Car Light, categoria de acesso da Copa, e a 10ª corrida da Stock Jr., categoria de formação. A etapa carioca da Copa Nextel terá transmissão ao vivo para todo o país pela Rede Globo de Televisão, dentro do Esporte Espetacular.

A programação oficial começa no dia 16, com os treinos livres. Serão duas sessões para cada categoria, a partir das 8 horas. No sábado, acontecerão os terceiros treinos da Light e Jr., além dos classificatórios das três categorias. A Super Classificação, que apontará o pole position da etapa, está marcada para as 12h40. No domingo, a 11ª etapa da Copa Nextel Stock abre o programa, às 11 horas, em seguida, às 12h35, será a vez da oitava etapa da Stock Car Light, enquanto a décima da Stock Jr. fecha o dia, com largada às 13h50.

Com os resultados da 10ª etapa, em Tarumã (RS), Cacá Bueno ampliou sua vantagem na liderança. Agora, o atual campeão soma 272 pontos, seguido pelo paulista Thiago Camilo, com 247; o paranaense Rodrigo Sperafico, 242 pontos, e o paulista Felipe Maluhy, com 227. Somente os quatro continuam com chances de ficar com o título e Cacá, com 25 pontos de vantagem para o segundo colocado e dependendo dos resultados, pode sair do Rio como bicampeão.

Além de ser campeão em casa, Cacá quer dar continuidade ao bom trabalho da equipe. “Claro que penso na possibilidade de ser bicampeão no Rio de Janeiro, onde moro e em uma pista que gosto muito. Mas procuro me concentrar em continuar o trabalho bem sucedido que conseguimos, eu, o Jorge Neto e toda a equipe do Meínha, ao longo da atual temporada e lutar pelas primeiras posições, como fizemos em todas as provas realizadas”, afirma.

Ele pretende manter a estratégia das outras duas etapas do playoff. “Desde o início, disse que, para ser campeão seria muito importante a regularidade nestas últimas quatro corridas, marcando pontos em todas. O objetivo no Rio será esse. Se conseguir, no final da prova, sair com a mesma diferença para os adversários, poderei comemorar o título por antecipação. Se não, que seja em São Paulo, mesmo por apenas um ponto.”, completa.

O vice-líder Thiago Camilo chega ao Rio de Janeiro embalado pelo bom desempenho em Tarumã. Ele teve problemas no treino classificatório e ficou fora da Super Classificação, largando na 12º posição do grid. Mas no domingo fez uma corrida de recuperação, terminando em sexto e mantendo viva a esperança de brigar pelo título de 2007.  No ano passado, no Rio de Janeiro, ele saiu em 11º e finalizou a prova na quinta colocação.

Vencedor da última etapa e terceiro colocado no geral, Rodrigo Sperafico sabe que precisa vencer para continuar com chances e sem depender de nenhum outro resultado. “Buscarei repetir a vitória conquistada em Tarumã para não depender do resultado dos meus concorrentes. É importante entrar bem na pista já desde os treinos livres e depois é preciso ficar atento às condições do traçado”, afirma. “Gostei do traçado do Rio, que deixou a prova menos monótona”, finaliza.

Para Maluhy, quarto colocado, o campeonato só terminará em Interlagos.  Em sua opinião, todos vão lutar para que a decisão vá para São Paulo, como no ano passado. Felipe está muito confiante para a prova no Rio de Janeiro. “Melhoramos nosso carro para a fase final de campeonato. No ano passado andamos bem no Rio de Janeiro e em São Paulo. Acredito que temos boas chances de entrar na Super Classificação e buscar um pódio no final da corrida”, ressalta.

Classificação do Playoff após dez etapas: 1º) Cacá Bueno, 272; 2º) Thiago Camilo, 247; 3º) Rodrigo Sperafico, 242; 4º) Felipe Maluhy, 227; 5º) Ingo Hoffmann, 222; 6º) Ricardo Maurício, 221; 7º) Daniel Serra, 216; 8º) Marcos Gomes, 215; 9º) Valdeno Brito, 212; 10º) Hoover Orsi, 211

Em 2006, Tarso Marques, da Terra Racing, conquistou no circuito carioca sua primeira vitória na categoria. Quem acompanhou a prova das arquibancadas ou pela televisão, presenciou uma corrida acirrada, movimentada, polêmica e confusa. A prova terminou com Tarso Marques em primeiro, Antonio Jorge Neto em segundo e Hoover Orsi em terceiro.

Carreata

Na manhã desta quinta-feira (15/11), dia da Proclamação da República, os motores da Stock Car começam a roncar pelas ruas do Rio de Janeiro com a carreata oficial da Copa Nextel. Trata-se de uma das ações promocionais para a disputa de domingo, no Autódromo Nelson Piquet. O evento tem saída prevista para as 6h30, da Avenida Princesa Isabel (ao lado do Shopping Rio Sul), e as máquinas percorrerão as avenidas Princesa Isabel, Atlântica e Aterro do Flamengo, com chegada na Praça Paris.

Participarão os pilotos Ricardo Maurício e Marcos Gomes da Medley/ A. Mattheis (Chevrolet), Cacá Bueno da Eurofarma RC (Mitsubishi), Daniel Serra da Red Bull Racing (Volkswagen), Antônio Pizzonia da Win Motorsport (Volkswagen) e Cláudio Capparelli da W2/G4 Racing, da Stock Car Light.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *