Stock: Com mudanças no carro, Ingo espera bom resultado em Jacarepaguá

Supercampeão segue com novo set up para a penúltima etapa da temporada, marcada para às 11h do próximo domingo.

O piloto Ingo Hoffmann segue para Jacarepaguá (RJ), onde nesse domingo acontece a 11ª e penúltima etapa da Copa Nextel Stock Car, esperando espantar de vez a má fase para poder brigar pelo pódio na etapa carioca. Sem chances de levar o título, o Alemão busca solucionar os problemas que vêm enfrentando com o carro nas classificações desde a 6ª etapa. A programação começa nessa sexta-feira com a realização dos treinos livres.

Com 222 pontos no campeonato, Ingo ocupa a 5ª colocação na classificação geral e não tem mais chances de vencer o primeiro colocado, Cacá Bueno, que soma 272. Mesmo se o Alemão vencer as duas corridas e somar os 50 pontos que ainda estão em disputa e o atual líder não marcar nenhum, os dois ficariam empatados e Cacá seria campeão pelo número de vitórias, que é o primeiro critério de desempate. Apenas Thiago Camilo, Rodrigo Sperafico e Felipe Maluhy têm chances matemáticas de buscar o título.

“Realmente é uma pena estar fora da disputa pelo título, faltando duas etapas para o final do campeonato … Tivemos um bom começo de temporada, mas a partir da 6ª etapa começamos a enfrentar problemas na classificação, o carro não rende com pneus novos e classificar bem é fundamental para conseguir bons resultados na corrida, com 38 carros no grid. Estamos indo com um novo set up para o Rio e sinceramente espero que essas modificações surtam efeito”, disse Ingo, que corre pela equipe AMG Motorsport.

Maior vencedor da categoria, com 12 títulos, Ingo Hoffmann é também o piloto que mais venceu em Jacarepaguá: 8 vezes, a última em 2004. O autódromo Internacional Nelson Piquet, como é batizado, foi inaugurado em 1978 e ano passado sofreu modificações para dar lugar ao complexo esportivo visando os jogos Pan-americanos. Com isso a pista ficou mais estreita e foi reduzida, deixando de ter a curva norte, uma das mais desafiadoras do circuito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *