Stock: Com série de punições no Rio, Pachenki iguala seu melhor resultado na Stock Car

Paranaense da PowerTech herda três posições com punição a rivais e termina penúltima etapa em 11º, depois de largar em 38º.

Largando na 38ª posição, Diogo Pachenki cruzou a linha de chegada em 14º lugar na penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car V8, domingo (19) no Autódromo Internacional Nelson Piquet, no Rio de Janeiro. A conquista de mais dois pontos era comemorada pelo paranaense da equipe PowerTech, horas após o encerramento da prova, quando foi oficializada a mudança no resultado da corrida, confirmando-o como 11º colocado.


“Marcar dois pontos já estava ótimo, diante das nossas condições. Marcar cinco foi melhor ainda”, disse o piloto, citando as desclassificações de Luciano Burti e Thiago Camilo e a punição aplicada a Cacá Bueno. Com a 11ª posição em Jacarepaguá, Pachenki igualou seu melhor resultado na Stock Car V8, obtido na terceira etapa da atual temporada, em Campo Grande – onde, coincidentemente, também havia sido 38º no grid de largada.


Pachenki lamentou a falta de rendimento do Astra número 44 nas retas. “O carro estava ótimo, muito equilibrado, mas o motor não rendia. A cada reta, eu ficava 50 metros para trás dos pilotos com quem estava disputando posição”, depôs. “Se o motor estivesse rendendo tão bem quanto o dos outros, eu estaria bem mais à frente”, assegurou. Com os pontos do Rio, o piloto passou a ocupar o 25º lugar no campeonato. Agora, soma 11.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *