Stock: Continuar competitiva, o desafio da Stock Car em 2007

Pilotos acreditam na manutenção do equilíbrio na disputa da Copa Nextel Stock Car 2007.


Prestes a iniciar sua 29ª temporada, com a Copa Nextel Stock Car 2007, a principal categoria do automobilismo nacional tem pela frente um grande desafio: manter sua força e competitividade. Com seis pilotos disputando o título de 2006 na última etapa, em São Paulo, fruto da implantação do Playoff e do fortalecimento das equipes, com provas muito equilibradas e boa presença de público, a Stock Car consolidou sua condição de uma das melhores disputas de turismo do mundo.  Agora, com a Peugeot ao lado de Chevrolet, Mitsubishi e Volkswagen, a Copa Nextel Stock Car 2007 tem tudo para, pelo menos, manter as conquistas obtidas até aqui.

Para o sul-mato-grossense Hoover Orsi, terceiro colocado em 2006, a categoria deve ficar cada vez mais competitiva. “Ela deve crescer ainda mais em razão do maior profissionalismo de todos os segmentos. As diferenças entre as equipes estão diminuindo a cada dia, tornando a briga por uma vitória cada vez mais dura, bem como o título. Mas isso é bom para todos e quem ganha é o público que poderá ver provas melhores a cada ano”, explica o piloto da equipe Red Bull, que na semana passada viajou para a Áustria para treinos físicos na sede do patrocinador ao lado do companheiro Daniel Serra.

Orsi lembra ainda que a chegada dos pilotos vindos da Stock Light também vai contribuir para isso. “É bom haver essa renovação e, pela primeira vez, os destaques da Light subirão em grandes equipes, o que facilitará a adaptação à nova categoria. Além disso, eles entrarão na briga com reais chances de vencer as etapas e também brigar pelo título da Copa Nextel Stock Car”, completa o piloto.

Um dos grandes nomes de 2006, conseguindo levar sozinho sua equipe ao vice-campeonato, Ingo Hoffmann acha que o ano vai ser mais uma vez forte. “Deve se repetir o que aconteceu no ano passado, pois o Playoff garante que certo número de pilotos possa brigar pelo título em condições praticamente iguais”, explica o maior campeão da categoria, com 12 títulos conquistados ao longo dos 28 anos de existência da Stock Car. “Aliás, se tivesse entrado na segunda fase seria o campeão, pois fui o melhor do Playoff”, completa.

Apesar da máxima que diz que “em time que está ganhando não se mexe”, a Stock Car vem pra temporada 2007 com várias novidades. São elas a utilização do Nitro para auxiliar nas ultrapassagens, a diminuição do grid para 38 carros e a própria entrada da Peugeot, que provocará uma nova divisão de pilotos e equipes pelas marcas.

“O Playoff foi implantado para proporcionar maior competitividade e o resultado alcançado atendeu perfeitamente às expectativas. Agora teremos outras novidades para manter a categoria em evolução. O primeiro objetivo é fazer uma distribuição igual das marcas, com todas elas contando com pilotos e equipes competitivos”, explica Carlos Col, diretor presidente da Vicar Promoções, realizadora da Copa Nextel Stock Car 2007.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *