Stock: Crystal Racing Team faz balanço positivo da corrida de Interlagos

Claudio Ricci e Constantino Jr cumpriram a meta de chegar ao final da prova deste domingo (28).

A equipe Crystal Racing Team, dos pilotos Claudio Ricci e Constantino Jr., fez um balanço positivo da etapa de Interlagos da Stock Car, que marcou a abertura da temporada 2010. O time, que enfrentou problemas com os novos equipamentos nos testes do início do mês e nos treinos deste fim de semana, utilizou a prova como experiência e para ganhar quilometragem pensando na prova seguinte, marcada para o dia 11 de abril, em Curitiba (PR).

No final da corrida deste domingo (28), vencida por Max Wilson, Constantino Jr. chegou na 21ª colocação e Cláudio Ricci ficou em 22º. No entanto, para Amir Nasr, chefe da equipe, o mais importante foi o fato dos dois carros terminarem a corrida. “Começamos a prova preocupados em chegar ao final por causa do vazamento de óleo no motor. Para nós, foi mais um teste do que uma corrida. Os pilotos adquiriram quilometragem e, principalmente, aprendemos muito sobre os pneus novos”.

Apesar dos problemas, Amir Nasr deixou claro que os dados iniciais da corrida de Interlagos apontam que a Crystal Racing Team tem carros competitivos e que vão melhorar muito para as próximas etapas. “No começo da corrida, o carro do Constantino foi muito rápido, ele chegou a fazer o tempo de 1min39s8 e foi um dos sete pilotos que viraram abaixo de 1min40s hoje. Não estamos longe dos outros, o que nos tirou do rumo foram os problemas de equipamento”.

Os pilotos concordam. Constantino Jr., que no início da corrida chegou a registrar a melhor volta (marca superada depois por Cacá Bueno), lamentou as dificuldades técnicas, mas estava otimista. “O carro é rápido e é possível andar na frente. Só não deu para ficar entre os primeiros aqui por causa do vazamento de óleo, mas não fomos os únicos sofrendo com isso. Espero que todos os problemas que poderíamos ter no ano tenham ocorrido aqui”.

Cláudio Ricci, que por mais da metade da prova esteve na zona de pontuação e chegou a andar em terceiro antes de parar nos boxes, foi prejudicado por um pneu furado, mas fez questão de ressaltar que a Crystal Racing Team tem um bom carro e que deve ser mais competitiva nas próximas corridas. “Nossa meta era trazer o carro até o final para tentar chegar na zona de pontos. Só que quando estava em 15º tive problemas no pneus e precisei entrar nos boxes para trocar”, contou Claudio Ricci.ai da pista e tirei o pé, trouxe para os boxes”, contou o campeão de 2003. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *