Stock: ‘Decepción’ para a Red Bull Racing no Início dos Playoffs

Serrinha termina em 10º e Hoover é o 18º na abertura da fase decisiva do campeonato em Buenos Aires.

Tão alegres que viemos e tão tristes voltaremos: os play-offs decisivos da Copa Nextel Stock Car iniciaram de forma difícil para a Red Bull Racing, que chegou a Buenos Aires embalada por sua primeira vitória, conquistada por Hoover Orsi há duas semanas em Brasília.

Hoover e o companheiro Daniel Serra debateram-se com carros problemáticos na prova disputada na capital argentina e vencida por Cacá Bueno. Ao fim de 35 voltas no Autódromo Oscar Galvez, Serrinha cruzou a linha de chegada em décimo lugar, e Hoover teve de contentar-se com o 18º posto.

“Consegui marcar seis pontos, o que é sempre positivo, mas infelizmente os outros resultados não ajudaram em termos de campeonato. Realmente esperava ser mais competitivo; comecei o dia com a expectativa de ir para cima e acabei terminando na mesma posição que larguei. O carro não rendeu como esperado, e especialmente no final ficou muito difícil de guiar”, declarou Daniel.

Apesar dos pontos conquistados por Serrinha, a situação da equipe na disputa pelo título complicou-se: já líder no início da disputa dos play-offs, Cacá pulou para 252 pontos com a vitória desse domingo, 15 a mais que o novo vice-líder, Thiago Camilo, que terminou em segundo. Serrinha é o sétimo na tabela com 215, empatado com Marcos Gomes, e Hoover caiu para a décima posição, com 209.

A decepção pelo resultado foi acentuada pelo bom início de prova da dupla da Red Bull Racing. Na altura da sexta volta, quando o safety car saiu à pista após um incidente envolvendo Lico Kaesemodel e Ricardo Sperafico, Serrinha era oitavo após largar em décimo, e Hoover havia conquistado 12 posições em relação ao seu 36º lugar no grid.

“Até a 15ª volta eu estava bastante esperançoso de terminar entre os 10 – o carro era bastante traseiro, mas controlável. Mas a partir da metade da prova, tive de diminuir muito o ritmo, e mesmo assim levando vários sustos; a traseira ficou dificílima de ser controlada. Mais do que a situação complicada que fiquei na pontuação, é esse comportamento estranho do carro que mais me preocupa. Temos de revisar tudo nesse chassi para garantir que ele volte ao ‘normal’ em Tarumã, do contrário corro o risco de não pontuar lá também”, declarou Hoover Orsi, vencedor da etapa de Brasília.

Os dois Volkswagen Bora perderam rendimento na parte final da prova, contudo. A três voltas do fim, Serrinha acabou superado por Nonô Figueiredo e Ricardo Zonta, enquanto que o carro de Hoover, praticamente reconstruído após sofrer um forte acidente nos treinos de sábado pela manhã, não deu ao sul-mato-grossense condições de atacar a partir da metade da corrida.

“Infelizmente o acidente do Hoover no sábado significou que passamos a maior parte do final de semana consertando ao invés de acertando o carro dele. Na Stock Car acidentes fortes dificultam bastante as coisas, pois normalmente o comportamento do carro se altera significativamente. O Daniel fez a parte dele, talvez tenha faltado um pouco de sorte em relação aos resultados paralelos, mas no geral foi um bom desempenho. Agora o jeito é pensar em Tarumã e buscar uma recuperação lá”, finalizou Amir Nasr, chefe da equipe.

A Red Bull Racing segue agora para Porto Alegre, onde a segunda das quatro provas do play-off acontece em Tarumã no dia 28 próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *