Stock: Dentro do top 10, Thiago Marques acredita que não há favoritos para amanhã

Pilotos da Petrobras-Action Power se classificam no grupo dos quinze primeiros, todos separados por apenas 0s3, indicando uma corrida imprevisível para a nona etapa da Stock Car.



Como na etapa passada, um circuito de alta velocidade criou um grid embolado para a corrida da Stock Car, amanhã, em Tarumã (RS), onde a média horária supera os 170 km/h. A exemplo do que ocorreu em Brasília, o traçado mais veloz do ano, a pista gaúcha proporcionou uma disputa acirrada pela pole, com os 13 primeiros colocados separados por três décimos de segundo.


 


“Não é novidade que a categoria é equilibrada, mas em pistas rápidas e relativamente curtas, como Brasília e aqui em Tarumã, o grupo dos primeiros é separado por mínimos detalhes. Entre os 15 primeiros, todos estão andando muito juntos e não vejo nenhum grande favorito para amanhã”, prevê Thiago Marques (Petrobras-Cimed-Prevyne-Alpina).


 


O paranaense atingiu o objetivo de se classificar entre os dez primeiros colocados da classificação que disputam a Super Pole. A estratégia da equipe foi entrar logo no início do treino e fazer a volta rápida. O plano funcionou, mas Marques confessa que a espera de uma hora foi angustiante.


 


“O carro se comportou bem em todos os treinos e foi importante atingirmos o objetivo de entrar no top 10”, comentou o piloto. Sem um jogo novo de pneu para a Super Pole, o piloto ficou na nona colocação.  


 


Também dentro do grupo separado por apenas 0s3 está Luciano Burti (Petrobras-Cimed-Prevyne-Brasil Telecom), que parte amanhã em 13º.


 


“Estamos competitivos nesta etapa e faltou muito pouco para entrar no grupo que disputa a pole. Infelizmente o segundo jogo de pneu que usei teve um desempenho diferente e não consegui melhorar meu tempo. A ultrapassagem é difícil aqui em Tarumã, mas o carro está rendendo bem com pneus usados, então dá para esperar uma boa prova amanhã”, comenta Burti.


 


Segundo Paulo de Tarso, diretor-técnico da Petrobras-Action Power, a corrida deste domingo na Grande Porto Alegre promete ser ainda mais acirrada que a da etapa passada, em Brasília.


 


“Como estão todos andando muito juntos em Tarumã, a expectativa é de uma corrida movimentada, possivelmente com muitas intervenções do Safety Car. Tudo pode acontecer e é bom estar com os dois carros nas sete primeiras filas para buscar uma boa colocação amanhã”, diz Paulo de Tarso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *