Stock: Em corrida polêmica, Ingo Hoffmann termina em 4º

Nove pilotos são punidos na etapa carioca. Alemão passa ileso por vários acidentes e rodadas, numa pista de difícil ultrapassagem.


Como era previsto, a 11ª. e penúltima etapa do Brasileiro de Stock Car V8 no Rio de Janeiro foi marcada por vários acidentes e entradas do safety car, além de toques polêmicos, que culminaram com a exclusão por atitude antidesportiva dos pilotos Thiago Camilo, Luciano Burti e Chico Serra, além da penalização em tempo de mais seis pilotos, entre eles o líder Cacá Bueno. No final, quem levou a melhor foi o piloto Tarso Marques, que conquistou sua primeira vitória na categoria. O pódio foi completado por Antonio Jorge Neto e Hoover Orsi. Ingo Hoffmann (AMG/Filipaper) terminou na 4ª. posição, depois de largar em nono lugar. Mesmo penalizado, Cacá Bueno manteve a liderança e Orsi assumiu a segunda posição, com apenas dois pontos de diferença.

Logo na largada, Ingo ganhou duas posições, subindo para 7º. Na volta quatro de 32, já era 6º, posição que manteve até a volta 20. A partir daí, Ingo partiu para o ataque e assumiu a quarta posição, depois de ultrapassar Ricardo Maurício e Luciano Burti. Ficou em quarto, atrás de Orsi. “Milagrosamente ninguém me tocou na largada, meu carro estava muito bom e quando assumi a quarta posição fui pra cima do Orsi. Toquei nele sem querer, poderia ter passado, mas fiz questão de ficar atrás e me acomodar para não atrapalhar sua corrida, pois ele está na briga pelo título e também porque achei melhor não correr riscos”, comentou Ingo.

O maior vencedor da categoria, também fez questão de cumprimentar Ricardo Maurício – pole position e líder por várias voltas – após a corrida. “Ele teve uma atitude honesta, profissional e limpa quando o ultrapassei. Me deixou espaço por fora, no meio da curva”, destacou Ingo.

Dos pilotos que disputam o playoff, que vai definir o campeão da temporada, Cacá Bueno terminou em 13º. Após ser penalizado, mas manteve a liderança, com 250 pontos. Hoover está em segundo com 248, seguido por Giuliano Losacco, oitavo na prova, com 245 empatado com Felipe Maluhy, que ficou em nono lugar e caiu de segundo na classificação para a 4º. com 245 pontos. A próxima etapa acontece dia 10/12 em São Paulo, quando será conhecido o campeão da temporada 2006.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *