Stock: Em Londrina Nonô é 7º no grid

O trabalho desenvolvido pela equipe Officer Motorsport nas seis semanas de intervalo desde a etapa disputada em São Paulo, em meados de junho, deu resultado e refletiu no resultado do time na prova de classificação para a quinta etapa da temporada, que será disputada amanhã (domingo, 19) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina.

Nonô Figueiredo conseguiu seu melhor resultado em treinos desta temporada, e garantiu na super-classificação o sétimo lugar no grid (1m19s900). Curiosamente, Duda Pamplona larga em 32º, apesar de ter marcado um tempo menor (1m19s826), marca registrada na prova de classificação interrompida várias vezes por causa de inúmeros acidentes. A pole position para a prova que começa ao meio dia e será transmitida ao vivo pelo canal SporTV, foi conquistada por Thiago Camilo, o líder do campeonato, com o tempo de 1m19s099.

Para Nonô Figueiredo a melhora significativa nos resultados da equipe “confirma que fizemos o trabalho certo, com o carro reagindo positivamente aos ajustes. Isto confirma que a equipe não desanimou e continua trabalhando com motivação. Agora preciso terminar lá na frente para capitalizar toda essa dedicação”. O tempo que garantiu a Nonô o sétimo lugar no grid foi conquistado na chamada “super-pole”, tomada de tempos reservada aos dez pilotos mais rápidos na prova de classificação. Neste treino ele ficou em sexto, com 1m19s255, contra 1m18s896 de Thiago Camilo. A diferença de rendimento foi explicada como conseqüência da queda de aderência do asfalto que recobre os 3.145 metros da pista de Londrina e pelo fato que a maioria dos pilotos já não dispunha de pneus novos para essa etapa decisiva na formação do grid de largada.

Na prova de classificação o melhor tempo de Duda Pamplona foi exatos 930 milésimos de segundo mais lento que Thiago Camilo, mas suficiente para que 30 carros se encaixassem entre os dois, reafirmando o equilíbrio da categoria. “Certamente meu acerto não foi tão eficiente quanto o usado no carro do Nonô, porém é importante destacar o bom resultado obtido por ele e que nossa equipe conseguiu colocar um carro entre os dez primeiros, sinônimo de sua capacidade”. Cabe destacar que Duda está correndo um novo chassi em relação ao usado nas quatro primeiras corridas da temporada e que sua posição de largada poderá ser melhorada caso o paulista Fábio Carreira não largue na prova de amanhã. Carreira,um dos vários pilotos que se acidentou no treino de hoje, torce para que sua equipe consiga recuperar seu carro, que ficou bastante danificado.

Fábio Gaia, diretor esportivo da Officer Motorsport, ressaltou que “as mudanças feitas na equipe no intervalo de seis semanas desde a prova de Interlagos apontaram um caminho certo. Agora precisamos trazer o Duda para esse patamar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *