Stock: Em pista molhada Duda marca 11º tempo

A chuva intermitente que caiu sobre a capital argentina desde a noite de ontem provocou distúrbios que foram além dos congestionamentos de trânsito comuns às grandes cidades.

No Autódromo Oscar Alfredo Gálvez, por exemplo, os organizadores do Campeonato Brasileiro de Stock Car decidiram adiar para amanhã o segundo treino da nona etapa do certame em função da previsão meteorológica para amanhã, que prevê um sábado com céu nublado e pequena possibilidade de chuva. Na sessão realizada hoje Duda Pamplona terminou em 11º lugar (1m28s821), resultado que considerou positivo e animador:

“Nas condições de hoje a pista estava uma verdadeira loteria para todos. Sempre andei entre os dez primeiros e quando sai da pista, faltando cerca de 15 minutos para o final dos treinos, tinha o sexto tempo.”

O incidente não teve conseqüência maior que sujar o pára-brisa do Mitsubishi da equipe Officer Motorsport. Como ao término desta operação o treino estava próximo ao fim e as condições da pista continuavam praticamente inalteradas, o piloto decidiu antecipar o término do seu treino.

“O desempenho do meu carro me deixa confiante para amanhã, quando prevejo tempos muito próximos entre todos os competidores, especialmente por causa das condições do circuito, que é relativamente fácil de memorizar”, explicou Duda, que já disputou provas de F3 no traçado número 9 do autódromo de Buenos Aires, o mesmo que a Stock Car usa neste final de semana.

Para Fábio Gaia, diretor esportivo da Officer Motorsport, a decisão de adiar o segundo treino livre para amanhã foi positiva “já que corríamos o risco de ter que sair para classificar sem ter andado em pista seca”. Nonô Figueiredo, que pilota o outro carro inscrito pela equipe, ficou em 15. lugar (1m29s065). A largada está confirmada para as 10 horas de domingo, com transmissão pela TV Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *