Stock: Em treino classificatório confuso, RC3 Bassani larga em 20º com David Muffato

Bandeiras vermelhas, escapadas e carros atolados. Foi nestas condições que foi realizado neste sábado (18) o treino classificatório para a 6ª etapa da Copa Nextel Stock Car, que está sendo disputado em Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul. Com chuva deste os primeiros treinos realizados ontem (sexta-feira), a sessão classificatória deste sábado foi uma verdadeira loteria. Isto porque quem conseguiu fechar as voltas rápidas, sem ser atrapalhado por uma das cinco bandeiras vermelhas, ficou bem no grid. A RC3 Bassani foi uma das diversas equipes que teve toda a programação atrapalhada pelo treino tumultuado. David Muffato vai largar na 20ª colocação e, Thiago Medeiros, com a 44ª posição, ficou de fora da prova.

Carro bom e promissor. Treino decepcionante para David Muffato. 


David Muffato ficou extremamente decepcionado com o treino classificatório deste sábado. Sua melhor volta (1min26s639), que o garantiu na 20ª colocação no grid, foi conquistada ainda na volta de aquecimento para a volta rápida. Mas, as bandeiras vermelhas estragaram o seu treino. “É decepcionante. O meu carro estava campeão. Marquei este tempo ainda na volta de aquecimento e sem pensar muito em acelerar. Depois disto não consegui fechar mais nenhuma volta. A pista nem estava tão escorregadia. Mas, como estava frio, demorava um pouco para aquecer os pneus e dar “gripe”. O problema que muita gente veio “babando” acelerando na primeira volta e foi parar no barranco, na brita, fora da pista. Por isso teve tanta bandeira vermelha”, explicou.


Com um carro bem acertado durante a tomada, David Muffato e a RC3 Bassani acreditavam largar entre os 10 primeiros. “Tinha carro para ficar facilmente entre os mais rápidos. Não fechei nenhuma volta rápida, acelerando pra valer. Quando tive uma única chance, onde estava vindo três décimos mais rápido, o carro apagou. Foi uma pena. Poderia estar brigando pela pole position”, disse Muffato.


Para a prova, David está confiante, porém centrado nas dificuldades. “Aqui em Santa Cruz tem bons pontos de ultrapassagem. Porém, tem muita gente boa largando na minha frente. Não será fácil ganhar posições. Quero muito pontuar. Se eu marcar 1 ponto que seja amanhã (domingo), vou comemorar como vitória”, finalizou o campeão da categoria em 2003.


Bandeira vermelha demais é sinônimo de treino confuso. Thiago Medeiros desolado.
 


O piloto Thiago Medeiros era um dos mais desolados após a tomada de tempos para a prova de Santa Cruz do Sul. Depois de uma boa sexta-feira, onde ele foi o 20º, a expectativa era largar em uma boa posição no grid. Mas as cinco bandeiras vermelhas durante o treino, foram suficientes para deixar Medeiros fora do grid da corrida. “Não me conformo. Em praticamente todas as minhas saídas para a pista ocorreu bandeira vermelha. O Muffato ainda conseguiu fechar uma volta. Eu nem isso consegui. Ainda por cima, no momento de tentar uma volta rápida, acabei rodando. Fazia tempo que não participava de um treino tão confuso”, comentou desolado.


Thiago Medeiros espera estar largando nesta prova. Mas por conta das bandeiras vermelha, e os acidentes e escapadas, foram aproveitados apenas 40 minutos dos 80 permitidos. “Muita gente deu as 16 voltas permitidas. Mas para achar quem conseguiu fechar duas voltas rápidas sem problemas é difícil”, explicou Thiago.


Adaptando-se aos carros de turismo depois de passagem vitoriosa em competições de fórmula, Thiago Medeiros pode aprender algo mais neste fim de semana. Foi a sua primeira vez com pista molhada. “Este fim de semana aprendi muito com o carro da Stock em condições de chuva. Mas a decepção por não conseguir largar é muito grande. Agora é partir para Curitiba onde conheço a pista e torcer bastante para o David conquistar um bom resultado para o time”, finalizou o paulista. 


Mais uma vez a regra de pilotos privilegiados “degolou” outros participantes. Lico Kaselmodel e Atila Abreu ficam de fora da prova para dar lugar a Alceu Feldmann e Thiago Marques.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *