Stock: Fase decisiva começa em São Paulo

Campeonato faz quarta etapa em Interlagos e somente os dez primeiros seguirão na briga pelo título após a oitava rodada.



A Stock Car realiza no próximo domingo, em Interlagos, a sua quarta etapa e chega assim à metade da primeira fase do campeonato. Neste ano, foi instituído pela primeira vez na história o sistema de playoff, inspirado na Nascar norte-americana, e ao final da oitava etapa, apenas os dez primeiros terão chances de brigar pelo título.


 


Por isso, os próprios pilotos apontam que a corrida deste final de semana em São Paulo é decisiva na pretensão de quem quer brigar pela taça, especialmente aqueles que, mesmo obtendo boas performances em treinos, ainda não converteram este potencial em pontos.


 


“O sistema de playoff tem tudo pra deixar o campeonato ainda mais emocionante no final. Mas é importante para todos os pilotos conseguirem bons resultados ainda no começo do ano para se garantir entre os dez que seguem na disputa do título. Como a corrida em SP marca a metade desta caminhada rumo ao playoff, é fundamental começar a subir na classificação, e este é o meu objetivo neste final de semana”, comenta Luciano Burti (Petrobras-Cimed-Pakalolo-Brasil Telecom).


 


O paulista foi um dos destaques da pré-temporada da Stock Car, colocando o novo Volkswagen Bora como o mais rápido logo em seu primeiro teste de pista. Em Curitiba, o ex-piloto da F-1 também se destacou ao estabelecer a pole position. Mas, ao final de três etapas, Burti não acumulou pontos no campeonato, e espera reverter este quadro em Interlagos.


 


A mesma situação ocorre com seu companheiro de equipe na Petrobras-Action Power, Thiago Marques. No ano passado, o paranaense foi um dos destaques nos treinos classificatórios, obtendo a impressionante marca de oito participações entre os seis primeiros em 12 provas. Em 2006, no entanto, também seguem sem pontos e espera reagir a partir de São Paulo.


 


“Tivemos problemas nas três corridas passadas, mas ao invés de lamentarmos a falta de sorte, o melhor é nos concentrar no trabalho e transformar o potencial em boa pontuação. O carro está muito bom, basta ver a pole do Luciano em Curitiba e o desempenho na pré-temporada”, acredita Marques.


 


Os dois serão os únicos pilotos da equipe neste final de semana, já que a experiência com o terceiro carro, conduzido por Juliano Moro, era programada apenas para aa etapa passada, em Campo Grande. “Conseguimos atingir o objetivo com a participação do Juliano em Campo Grande e, como já havíamos afirmado, esta experiência foi fundamental para a avaliação de alguns projetos já para 2007”, comenta Paulo de Tarso, diretor-técnico da Petrobras-Action Power.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *