Stock: Felipe Maluhy começa temporada com pódio

Piloto da Terra Racing é o segundo colocado na 1ª etapa em Interlagos. O companheiro Tarso Marques levou uma batida e ficou de fora da corrida.

A equipe Terra Racing iniciou a temporada 2007 da Copa Nextel Stock Car no pódio. O paulista Felipe Maluhy, que largou em segundo, terminou a prova na mesma posição, atrás apenas do vencedor Ricardo Maurício. Os dois ainda dividiram o pódio com Daniel Serra, que havia largado na pole position e acabou em terceiro. A 1ª etapa do campeonato foi realizada neste domingo (dia 22) no circuito de Interlagos, em São Paulo.

Já o companheiro de Felipe, o paranaense Tarso Marques, acabou levando uma batida do estreante Marcos Gomes na 12ª volta e foi obrigado a abandonar. O piloto, que largou em oitavo, era o sexto no momento do acidente.

Duas vezes pole position em Interlagos, na temporada 2006, Maluhy repreendeu a atitude de Daniel Serra antes da largada. O novato que estava na pole e por dentro da pista tentou “jogar” Maluhy o máximo possível para o lado de fora, onde o asfalto tinha muita sujeira. Os dois acabaram se tocando.

“Não é a atitude que se espera de um pole position. Havia espaço para ele ficar por dentro, mas ele estava ocupando o meu espaço e me jogando mais para fora. Então, onde eu deveria ficar?”, indagou. “Não tenho nada contra ele como pessoa, mas profissionalmente não concordo com essa atitude. Ele está chegando na categoria e não precisava ter agido dessa forma”, declarou Maluhy.

O piloto não soube precisar se, em virtude do acidente, logo no início da prova perdeu sua janela esquerda. O fato é que o carro passou a sofrer um arrasto enorme na reta. “Não tenho certeza, mas acho que com a batida a carenagem inflou e a janela acabou se soltando. Isso me prejudicou e acabei tendo de deixar o Ricardo Maurício passar, porque não tinha como ficar amarrando ele atrás de mim”, contou.

Maluhy caiu momentaneamente para o terceiro lugar, mas depois conseguiu ultrapassar Serra, finalizando em segundo. “De certa maneira, conseguimos atingir nossos objetivos nesse final de semana, dentre eles terminar no pódio”, completou o piloto, que somou 20 pontos com o segundo lugar.

Além do paulista, Tarso também acabou se envolvendo em um incidente com um novato, Marcos Gomes, que bateu no carro do piloto no “S” do Senna. “Ele é novo, mas foi campeão da Light e está acostumado com corridas deste tipo. Ali não dá para ultrapassar nenhum carro e ele tentou passar dois. Acabou batendo na minha traseira e saímos da prova. Conversamos depois da batida, mas acho que ele deveria ter tomado mais cuidado”, explicou.

Com relação ao carro, Tarso também enfrentou alguns problemas. “A direção hidráulica quebrou nas primeiras voltas e ficou difícil. Fui perdendo rendimento e o pneu também piorou”, contou.

Antes da prova, a dupla da Terra Racing, que corre com a carenagem do Mitsubishi Lancer, recebeu a visita do francês Stephane Peterhansel, o maior campeão da história do Rally Paris Dakar, com 6 títulos na categoria motos e 3 títulos nos carros. O piloto veio para o evento a convite da Mitsubishi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *