Stock: Mesmo com acidentes pilotos da Officer Motorsport completam a prova

Ao final de uma prova marcada por acidentes e batidas a equipe Officer Motorsport pôde encontrar motivos para terminar com saldo positivo o fim de semana de abertura do Campeonato Brasileiro de Stock Car. Na competição disputada hoje no Autódromo de Interlagos e vencida pelo paulista Ricardo Maurício, o paulista Nonô Figueiredo terminou em 17º e o carioca Duda Pamplona em 21º, resultados que Fábio Gaia, diretor esportivo da equipe , considerou positivo.

“Dentro das circunstâncias fica evidente que mais uma vez o espírito de equipe prevaleceu. Todos trabalharam sob extrema pressão e corresponderam às expectativas; levar seus carros até o final foi a forma de Nonô Figueiredo e Duda Pamplona retribuírem essa dedicação. Agora é trabalhar para traduzir tudo isso em resultados na etapa de Curitiba”.

Os dois pilotos da Officer foram vítimas de batidas nas primeiras voltas. O carro de Nonô Figueiredo foi abalroado por Thiago Medeiros, estreante na categoria, em manobra que os comissários desportivos classificaram como anti-desportiva e que mereceu a penalização do tipo drive-through, quando o piloto é obrigado a entrar no boxes.

“Foi um erro primário do Thiago, que quis passar onde não havia espaço. Não acredito que ele fez isso de propósito, mas creio que isso reflete sua inexperiência com carros de turismo. De qualquer forma, foi um erro primário que comprometeu minha corrida desde o início”, declarou Nonô ao final da corrida.

O carro de Duda Pamplona igualmente foi atingido no início da prova, no seu caso por Júlio Campos. “A partir daí meu carro ficou totalmente desalinhado e reagia de forma diferente a cada curva”, comentou o piloto residente em Petrópolis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *