Stock: Felipe Maluhy e Tarso Marques esperam voltar a pontuar em Santa Cruz

Dupla quer esquecer os problemas da última etapa e tem a favor o fato de gostar bastante do traçado que recebe a 6ª prova do ano.

 


Faltando apenas três corridas para a definição dos 10 pilotos que irão disputar o PlayOff final, a Copa Nextel Stock Car desembarca em Santa Cruz do Sul (RS) prometendo mais uma etapa equilibrada e bastante disputada. A temporada chega a sua sexta prova em 2007 sem ter repetido um pole position e um vencedor este ano. De olho nos pontos, os pilotos partem para o tudo ou nada.


Os treinos no traçado de 3.530 metros começarão na sexta-feira (dia 17). A prova no domingo (19) terá sua largada às 13 horas.


Na equipe Terra Racing, o paulista Felipe Maluhy luta para se manter entre os 10 primeiros e Tarso Marques, vencedor da etapa de Campo Grande, tenta subir da 12ª posição na tabela para o “pelotão de elite”.


A dupla aprecia bastante as características do traçado de Santa Cruz, que possui 14 curvas e uma reta de 752 metros. “É uma pista muito interessante. Tem todos os tipos de curvas e isso traz um desafio maior pelo fato de ter de trabalhar para que o carro seja rápido em curvas de alta e baixa velocidade. Ao mesmo tempo, por não ser muito usada, a pista sempre está com muita areia e poeira, dificultando o nosso trabalho em acertar o carro”, comentou Maluhy.


“Adoro o traçado de Santa Cruz. Diria que é um dos mais prazerosos de se pilotar do nosso calendário, por ter subida, descida, curvas velozes e lentas. Ou seja, tem um pouco de tudo”, destacou Tarso.


Em Londrina (PR), palco da última etapa, a dupla da Terra Racing enfrentou problemas no acerto do carro. Por isso, Maluhy quer chegar a Santa Cruz pensando no quarto lugar de 2006 na pista e não na performance da prova passada.


“Em 2006, fomos bem em Santa Cruz. É uma pista que parece casar bem com o nosso acerto, diferente de Londrina. Quero ir para Santa Cruz pensando no quarto lugar do ano passado e não na última corrida”, afirmou.


Além dos problemas com o carro, Tarso enfrentou um obstáculo a mais em Londrina. “A última etapa foi bastante difícil para nós. Não encontramos um bom acerto e, pela primeira vez no ano, o carro não era veloz o suficiente para sermos competitivos. Espero reverter isso para Santa Cruz. No entanto, o que eu mais espero é que a CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) tome alguma atitude com relação aos pilotos que vêm causando acidentes, pois pela terceira vez este ano não terminei uma corrida, porque algum piloto novo e inexperiente errou ou quis dar uma de super herói e fazer o que nunca fez na vida. Esse tipo de acidente é uma pena, pois no nível em que a Stock está hoje, não é possível admitir esse tipo de atitude. Nada aconteceu a eles e isso é errado”, lamentou o paranaense, que foi tirado da pista de Londrina pelo novato Alan Hellmeister.


Em oitavo lugar, com 34 pontos, Maluhy vem fazendo as contas na ponta do lápis para chegar mais uma vez ao PlayOff. Tarso, que tem 25 pontos, também continua na briga e espera deixar Santa Cruz novamente entre os 10. “A meta é essa, mas teremos de trabalhar duro para isso. Não será uma tarefa fácil”, finalizou o paranaense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *