Stock: Fontes chega fortalecido para tentar vaga no playoff

Vitória na corrida anterior colocou o piloto goiano na lista de favoritos

para a corrida de Brasília (DF), que define os dez candidatos ao título.



Foram seis etapas até o goiano Ruben Fontes conseguir virar o jogo na atual temporada da Stock Car. Ele chega à oitava etapa do campeonato, neste domingo (24), em Brasília (DF), com boas chances de se classificar para o playoff. Uma matemática que parecia impossível antes do piloto conquistar a vitória na corrida anterior, em Santa Cruz do Sul (RS), depois de uma seqüência de seis corridas repletas de problemas. A recuperação, que veio em boa hora, precisa ser complementada com outro bom resultado neste fim de semana, para garantir definitivamente sua presença na briga pelo título.


 


“Eu costumo acreditar nas minhas até o fim. È o que vem acontecendo nesta temporada. Cheguei a Santa Cruz do Sul quase sem possibilidades de me recuperar, venci e agora estou na briga novamente”, comenta o piloto. Uma confiança que vem desde os tempos de garoto e que traz boas lembranças do circuito de Brasília. Foi nele que Ruben Fontes fez sua estréia no automobilismo, em 1992, pela Fórmula Chevrolet, vencendo logo na primeira corrida. Apesar da pouca experiência com o equipamento, o goiano acreditou até o final e acabou ganhando com uma ultrapassagem sobre o líder a duas curvas da bandeirada.   


 


A segurança de Ruben Fontes acaba contagiando também os membros da equipe Neosoro JF Racing. Primeiro, pelo bom momento que o time que vem atravessando. Depois, pelo desempenho recente dos pilotos no circuito de Brasília. No ano passado, Ruben Fontes foi o mais veloz nos treinos de sexta-feira. No dia seguinte, foi a vez de Rodrigo Sperafico comandar a sessão. “O traçado de Brasília é de alta velocidade, um desenho que me agrada muito e que caracteriza uma das principais forças do nosso time, que é o trabalho de acerto em pistas que exigem muita aderência dianteira”, analisa Ruben Fontes.


 


Quando fala sobre a possibilidade de assegurar um lugar no playoff, o piloto goiano mantém os pés no chão, mesmo consciente de que as chances são boas. “Está tudo muito embolado. Tenho condições até de terminar a primeira fase em quinto lugar, dependendo de uma combinação de resultados. Só que o pensamento é apenas entrar na pista para fazer o meu melhor, de preferência ficando na frente dos meus três principais concorrentes”, revela, citando Guto Negrão, Popó Bueno e Ricardo Maurício como as maiores ameaças. Restam apenas dois lugares, considerando que até o oitavo está praticamente assegurado.


 


No grupo dos garantidos na fase final está o companheiro de equipe de Ruben Fontes, o paranaense Rodrigo Sperafico, que só ficaria de fora em caso de um desastre. “Fiz as contas. Estou praticamente dentro do playoff. Para eu não me classificar seria necessária uma combinação de resultados que não tem nada a ver com o que a categoria tem visto nas últimas provas. Vou para Brasília com muita segurança e se tiver a oportunidade quero brigar pela vitória” explica Rodrigo Sperafico, que ainda não ganhou na Stock Car. A corrida deste domingo terá transmissão ao vivo, às 10h30, pela Rede Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *