Stock: Fontes comemora volta de Goiânia e espera pelo ‘novo’ Jacarepaguá

Neste fim de semana, piloto estará na torcida pelo conterrâneo Alencar Jr. No outro, participa da estréia do novo traçado do Rio de Janeiro.



O automobilismo brasileiro vive um fim de semana no mínimo interessante. Serão dois autódromos reabertos em dois fins de semana. Neste domingo (12) é a vez do Autódromo Internacional de Goiânia (GO), que volta a receber uma competição nacional depois de um longo período, com a penúltima etapa do Trofeo Maserati. O goiano Ruben Fontes, piloto da Stock Car, vai ao autódromo acompanhar a festa de perto e torcer pelo conterrâneo Alencar Jr., campeão antecipado da categoria. E no domingo seguinte (19) é o próprio Ruben Fontes que tem um compromisso agendado na reabertura de outro grande circuito, o Autódromo Internacional Nelson Piquet, no Rio de Janeiro (RJ).


 


A pista carioca que receberá a penúltima etapa do campeonato da Stock Car não é nem metade do que já foi um dia. Na verdade, é exatamente metade. Porque a outra parte dela não existe mais. As obras para os Jogos Panamericanos do ano que vem deixaram o traçado com uma nova configuração, que ninguém sabe muito bem no que vai dar. “Estou feliz por correr no Rio de Janeiro, mas interessado em saber como ficou o circuito. Parece longo e tem alguns trechos que despertam curiosidade. Por exemplo, a nova curva 1 parece mais fechada que a da vitória, que já era bem ruim de contornar. Pelo desenho, não dá para entender bem. A saída do oval parece uma esquina”, analisa Ruben Fontes.


 


Foi para solucionar essas dúvidas que os organizadores da Stock Car programaram uma sessão de treino extra para a tarde de quinta-feira (16). “Torço para dar tudo certo. Dá para ver que não será um circuito rápido e que vai exigir muito da tração dos carros. Nossa equipe sempre contou com um acerto muito bom para Jacarepaguá e agora vamos precisar trabalhar na mesma direção para continuar andando bem lá”, afirma o piloto, que neste fim de semana está de folga das pistas e só que saber de assistir corrida. “Seria ótimo para a cidade de Goiânia acompanhar uma vitória do Alencar Jr. justamente na reabertura do nosso autódromo”, revela Ruben Fontes, que apóia a reforma no circuito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *