Stock: Greipel e Salustiano não pontuam no Rio de Janeiro

Problemas de performance em seus Astra impediram que o catarinense Mateus Greipel e o paulista Paulo Salustiano voltassem a pontuar na Copa Nextel Stock Car.

Na prova do Rio de janeiro, que neste domingo deu o bicampeonato ao carioca Cacá Bueno (Eurofarma RC), os pilotos da M4T/WAS tiveram dificuldade com a falta de velocidade, obrigando o paulista a abandonar prematuramente e o representante de São Bento do Sul a terminar na 22ª posição. “Realmente não deu. A equipe fez de tudo, os pilotos tentaram na pista, mas ficamos longe de ter um desempenho capaz de nos levar aos pontos”, comentou Miguel Ferreira, chefe da equipe.

Largando da 32ª e 37ª posições, respectivamente Greipel e Salustiano andaram sempre no meio do pelotão, e em momento algum tiveram oportunidade de atacar os concorrentes para fazer uma corrida de recuperação. “Tem alguma coisa que não está fazendo o motor render. A equipe tentou outro acerto para melhorar a velocidade nas retas, e acabou comprometendo o contorno da curvas”, fizeram coro os pilotos da Inpacom/Nicoboco/Sawary/RedeTV.

Para tentar dar uma virada na etapa de encerramento do campeonato em São Paulo, no dia 9 de dezembro, a M4t/WAS vai analisar os dados coletados e proceder a uma completa revisão mecânica e elétrica na oficina, além de levar os motores para análise em dinamômetro. “Não vamos jogar a toalha. Nunca tivemos tanto problema de desempenho, mas vamos atrás da solução. Agora é hora de analisar tudo friamente para corrigir as falhas e terminar o ano com uma performance digna da experiência e capacidade de nossos pilotos e do time”, avisa o engenheiro Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *