Stock: Gresse é o 10º mas não está feliz com seu treino classificatório

Desde que chegou a Curitiba para a disputa da terceira etapa da Copa Nextel Stock Car a equipe Nova RR almejava conquistar duas vagas entre os 15 primeiros do grid de largada. Uma para André Bragantini (Eurofarma / Hope RH) e outra para Norberto Gresse (Agecom / Bardhal). E foi o que aconteceu. O atual campeão da Light conseguiu um bom acerto e garantiu o décimo lugar, três posições à frente de Bragantini, no treino classificatório que colocou Valdeno Brito (Medley Mattheis) na pole position.

Mesmo com o resultado, a dupla não ficou satisfeita. “É uma boa posição de largada, principalmente pelas dificuldades que tivemos nas primeiras corridas do ano. Mas não consegui fechar uma volta perfeita. Nas duas rápidas que tive faltou um pouquinho pra chegar ao ideal”, revela Gresse.

Já Bragantini, segundo colocado na primeira parte do treino classificatório, saiu da pista no treino que decidia a pole. “Peguei um pouco de terra no final da reta. Quando estava na curva da vitória o carro deslizou e rodei. Foi uma pena, pois tinha um carro pra brigar pela pole”, avalia.

Pelo bom retrospecto de André em anéis externos (venceu a corrida da Light neste mesmo traçado no ano passado), a expectativa é de um bom resultado. “Em Brasília, antes da entrada do Safety Car, estava na sexta posição. Depois daquela confusão ainda consegui um ‘heróico’ décimo lugar. Por isso, acredito que temos chance de chegar entre os seis neste domingo”, destaca.

Betinho também quer figurar neste “seleto rol” dos seis primeiros. “Tenho um carro muito constante nas mãos. Desde a chegada do novo engenheiro (Ton Lellis), melhoramos bastante. Além disso, o resultado de hoje é uma homenagem ao nosso assessor técnico, Ariel Barranco, o aniversariante do dia”, brinca Gresse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *