Stock: Guto Negrão domina testes da Stock Car em Interlagos

Piloto quebra “tabu” de três anos sem liderar a folha de tempos.

Estreando pela Equipe Vogel, Guto Negrão (Medley) dominou o primeiro dos dois dias de treinos de pré-temporada que a Stock Car está fazendo em Interlagos. Um dos mais conhecidos veteranos da categoria – está iniciando sua nona temporada na divisão principal -, Guto voltou a encabeçar a folha de tempos depois de três anos, de acordo com sua própria estimativa. “É uma sensação muito boa, algo que eu não sentia desde 2004”, comemorou o piloto campineiro, cujo ponto alto até agora foi o 3º lugar na classificação geral de 2003.


Décimo-quarto nos ensaios da manhã, Guto cresceu no período da tarde, quando baixou a melhor volta em poder de Popó Bueno. “Não fiquei surpreso porque o carro esteve bom o dia todo. Foi um bom começo de vida nova. Estou recebendo uma confiança muito grande do chefe de equipe Mauro Vogel. Ele me escolheu para realizar todos os testes de acerto, embora eu esteja chegando agora e tenha como parceiro um piloto com a capacidade do Thiago Camilo. Vogel me deu força e disse para eu não me preocupar com os tempos, apenas em fazer as experiências que pediu. Acreditou nas informações que passei e os resultados apareceram”, continuou.


Aos 48 anos, Guto se sente recomeçando a carreira. “O homem é movido a motivação e estou me sentindo ainda mais motivado neste ano”, garantiu. Há duas semanas, participou da abertura do Troféu Brasil de Short Triathlon, onde nadou 750 metros, pedalou 20 quilômetros e correu mais cinco. “Foi uma preparação para um campeonato que deverá ser o mais equilibrado da história. Por isso, qualquer diferencial pode contar bastante no final do campeonato”, lembrou.


Com a introdução da chicane na entrada da Curva do Café e a estréia dos pneus Goodyear, a marca de 1min44s138 é o tempo a ser batido no segundo dia de aprontos para a primeira etapa, programada para 13 de abril. “Ainda temos muita coisa para provar e um jogo de pneus novos. Hoje, demos azar com um pneu defeituoso, que nos obrigou a abortar todo o set”, explicou Guto.


Na Medley, antiga equipe de Guto, a quarta-feira também foi positiva, já que a organização comandada por Andreas Mattheis colocou dois pilotos entre os 10 no combinado dos dois treinos. Ricardo Maurício foi o 6º e Marcos Gomes terminou em 9º. O estreante Valdeno Brito fechou em 17º entre os 33 pilotos. Os ensaios serão retomados amanhã a partir das 10h00. Serão mais duas sessões de 90 minutos.


Os tempos da quarta-feira:


1º Guto Negrão (CA), 1min44s138, média de 148,960 Km/h
2º Popó Bueno (CA), 1min44s211
3º Alceu Feldmann (CA), 1min44s384
4º Thiago Camilo (CA), 1min44s682
5º David Muffato (P3), 1min44s741
6º Ricardo Mauricio (P3), 1min44s757
7º Cacá Bueno (ML), 1min44s804
8º Ricardo Zonta (P3), 1min44s804
9º Marcos Gomes (CA), 1min44s880
10º Allam Khodair (CA), 1min44s946
11º Ingo Hoffmann (ML), 1min44s989
12º Tarso Marques (P3), 1min45s049
13º Luciano Burti (P3), 1min45s096
14º Rodrigo Sperafico (ML), 1min45s119
15º Lico Kaesemodel (ML), 1min45s203
16º Antonio J. Neto (ML), 1min45s206
17º Atila Abreu (P3), 1min45s210
18º Daniel Serra (CA), 1min45s261
19º Valdeno Brito (CA), 1min45s270
20º Thiago Medeiros (ML), 1min45s428
21º Duda Pamplona (ML), 1min45s438
22º Andre Bragantini (P3), 1min45s482
23º Carlos Alves (ML), 1min45s530
24º Hoover Orsi (CA), 1min45s559
25º Felipe Maluhy (ML, SP), 1min45s607
26º Antonio Pizzonia (P3), 1min45s693
27º Giuliano Losacco (P3), 1min45s800
28º Nono Figueiredo (ML), 1min45s895
29º Pedro Gomes (P3), 1min45s902
30º Ricardo Sperafico (P3), 1min45s991
31º Thiago Marques (P3), 1min46s183
32º William Starostik (P3), 1min46s202
33º Norberto Gresse (P3), 1min47s226


CA: Chevrolet Astra
P3: Peugeot 307
ML: Mitsubishi Lancer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *