Stock: Ingo erra, fica em 5º. e sai satisfeito

Depois de dominar boa parte dos treinos, Alemão erra na volta rápida em dia de sol escaldante.


Temperatura de 42 graus ambiente, 62 graus na pista e perto de 60 graus no cockpit dos Stock Car. Literalmente pegando fogo, os pilotos disputaram o segundo dia de treinos para a 11ª. e penúltima etapa da Stock Car V8, no remodelado autódromo de Jacarepaguá (RJ). No final, o mais rápido foi o piloto Antonio Jorge Neto (RC Competições), com tempo de 1m19s415. O veterano Ingo Hoffmann (AMG/Filipaper) ficou em 5º. Lugar, depois de dominar grande parte dos treinos do dia, com a marca de 1m19s688. Amanhã será definido o grid de largada, a partir das 11h00.

No treino da tarde, os pilotos tinham limite de 20 voltas. Ingo entrou e logo registrou o melhor tempo. Retornou aos boxes, fez alguns ajustes, colocou pneus novos e retornou para virar 1m29s688, seu melhor tempo do dia com apenas 6 voltas. “Errei no curvão”, lamentava um Ingo irritado ao retornar aos boxes. No final, o piloto ainda voltou para pista para mais cinco voltas, completando um total de 12.

Segundo a telemetria da equipe, pelas parciais o alemão ficaria com o 2º. Tempo. “De qualquer maneira o carro está muito competitivo e acredito que os tempos de hoje são referência para amanhã, logo, estou entre os dez, a não ser que aconteça algo inusitado”, comentou Ingo.

Dos pilotos que disputam o playoff, que vai definir o campeão da temporada, o líder Cacá Bueno foi o melhor, com o quarto tempo. Felipe Maluhy, segundo na classificação por pontos, ficou em 10º. e Giuliano Losacco, terceiro no playoff, ficou na 19ª posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *