STock: Ingo Hoffmann é atrapalhado e larga na 12ª. posição em Curitiba

Ingo Hoffmann estava inconformado ao final do treino classificatório que definiu o grid de largada para a 2ª. etapa da Copa Nextel Stock Car, realizado hoje, no autódromo de Pinhais, em Curitiba. Na disputa para ficar entre os 10 e seguir para a superpole, o Alemão foi atrapalhado por um piloto e teve de se conformar com a 12ª. posição. A pole position ficou com o piloto Rodrigo Sperafico com o tempo de 1m22s897.

“Tudo bem que largar em 12º. ou 10º. não faz diferença, mas a questão é que fizemos um excelente trabalho todo o fim de semana, sempre andando entre os três melhores. Segundo a telemetria, vinha numa volta muito boa, que me colocaria em 6º. Lugar e consequentemente na superpole, quando fui atrapalhado por um piloto. Lamentável”, desabafou o maior vencedor da pista paranaense.

Na primeira entrada na pista durante o classificatório, Ingo registrou o 3º. Tempo, até que os tempos foram baixando, Ingo caiu para 11º. lugar e teve de retornar faltando 30 minutos para o encerramento. Colocou seu segundo e último jogo de pneus novos e quando iniciou sua volta foi atrapalhado com bandeira vermelha. Recolheu para os boxes, aguardou a liberação da pista e voltou para sua última tentativa, no limite de suas voltas (cada piloto pode dar no máximo16). Ingo só tinha uma única volta rápida, veio baixando suas parciais até ser atrapalhado por um piloto mais lento.

Para a corrida, Ingo ressalta que é preciso ter sorte. “Na 12ª. posição, largando por fora, quando chegar no Esse, não adianta a experiência, só mesmo a sorte para não se envolver em confusão. De qualquer maneira, vou fazer uma corrida para marcar pontos”, finalizou. O líder do campeonato, Ricardo Maurício larga na 7ª. posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *