Stock: Interlagos repete em agosto o pódio de abril, Marcos Gomes, Thiago Camilo e Cacá Bueno

A Stock Car realizou hoje sua segunda corrida na temporada 2008 em Interlagos, e embora a história tenha sido totalmente diferente, o pódio foi exatamente o mesmo do dia 13 de abril: Marcos Gomes (Medley Mattheis) em primeiro, Thiago Camilo (Texaco Vogel) em segundo e Cacá Bueno (Eurofarma RC) em terceiro.

Camilo largou na primeira fila, por fora, e perdeu a posição para Pedro Gomes, que mesmo estando mais lento, se defendeu das investidas do piloto da Texaco, que só conseguiu recuperar o segundo lugar na parada para reabastecimento. Marcos Gomes se beneficiou com a escolta de seu irmão e abriu na liderança o suficiente para apenas administrar a vantagem quando voltou do reabastecimento, 5,974 segundos à frente de Camilo. A diferença se manteve praticamente a mesma até o fim da corrida. O piloto da Medley cruzou a linha de chegada 5,300 segundos à frente do piloto da Texaco.


“Eu sabia que seria difícil me defender do Pedrão (Gomes) na largada, já que eu vinha por fora e ele tinha o irmão pela frente. Devem ter combinado alguma coisa, e se fosse meu irmão eu também combinaria”, brincou Camilo. “O Pedro estava mais lento que eu, mas se defendeu bem, limpamente, apenas lamento porque a luz de freio dele estava apagada, e isto dificulta tremendamente a ultrapassagem, você faz a aproximação e depois fica sem referencial, e se forçar a barra pode causar um acidente. Depois que acabou a janela de reabastecimento e o Marquinhos voltou quase seis segundos à minha frente, eu senti que não daria para me aproximar mais dele e preferi manter meu segundo lugar, que afinal de contas me de possibilitou cumprir o primeiro objetivo aqui em Interlagos, que era assumir a terceira colocação no campeonato. A primeira vitória em 2008 bateu na trave de novo, mas tenho certeza que se continuarmos trabalhando sério e certo como estamos fazendo ela virá na hora certa”, concluiu Camilo, que chegou a Interlagos em quarto lugar e saiu em terceiro no campeonato, com 71 pontos, contra 69 de cacá Bueno.


Giuliano Losacco, da Texaco JF, mais uma vez teve problemas na classificação e um carro bom na corrida. Largou em 26º lugar e acabou em 15, marcando um ponto. Losacco, que estava em 9º na temporada, foi superado por Popó Bueno e Allam Khodair e agora está em 11º lugar. “A gente andou para trás, maa pelo menos marcamos um ponto que pode ser decisivo lá na frente. Temos que fazer pelo menos 15 pontos nas duas próximas corridas para garantirmos a vaga no playoff, e para isto é necessário largarmos mais para a frente”, disse Losacco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *