Stock Jr.: Lucas Finger conquista seu primeiro título

Categoria chegou à rodada final com dois pilotos em disputa acirrada pelo campeonato.

Apenas na última rodada da temporada de 2008, realizada neste domingo (7), no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, a Stock Jr. definiu seu campeão: o paranaense Lucas Finger, que garantiu seu título vencendo uma prova repleta de atrações. O piloto completou as 14 voltas em 30min59seg110, com média de 116,81 Km/h para os 4.309 metros do circuito paulista. A segunda colocação ficou com o pernambucano Sérgio Ramalho, em 30min59seg265 e, fechando o pódio, o paulista Daniel Pflaumer, 31min00seg503. Finger garantiu o título com 198 pontos, contra 195 de Patrick Gonçalves, vencedor da classe Master, confirmando o equilíbrio da divisão de acesso da Stock Car.


Como aconteceu desde sua temporada de estréia, a Stock Jr. segue apresentando grandes disputas em todas suas etapas. A confirmação disso fica evidente na briga pelo título da temporada, com nada menos que dois pilotos com chances de fechar o ano como o melhor da categoria. Patrick Gonçalves, que ocupava a primeira colocação e precisava de apenas um terceiro lugar para garantir também o título geral e, Lucas Finger, em segundo, com 169 pontos, e vitórias obtidas na capital paulista, Rio de Janeiro e novamente em Interlagos. Finger garantiu o título com um oitavo lugar do baiano e fechou o ano com três pontos de diferença.


Após a conquista do campeonato, Lucas Finger fez um balanço da temporada. “Desde o início fizemos um excelente trabalho e estivemos muito bem, apesar de problemas mecânicos, o que é comum na vida de um piloto. Mas, para ser campeão, você precisa ser constante. Não é só vitória. Na prova de Tarumã meu carro estava com problemas elétricos e quase joguei a toalha, porém, com o incentivo de todos ao meu redor, lutei e fiz a minha parte”, explicou o campeão.


Ao cruzar a linha de chegada em Interlagos, Lucas Finger não acreditava ter levado o campeonato e após muitas comemorações, o piloto comentou sobre sua vitória. “Eu não tinha certeza que havia ganhado. Depois da bandeirada, esperei o Patrick passar o S do Senna. Depois, fiz uma conta rápida e vibrei muito. Estou muito emocionado. Esse título é um incentivo para mim e uma homenagem para Taubaté”, disse o paulista, que recebeu o troféu das mãos de Ingo Hoffman.


Para o próximo ano, Finger faz planos para correr pela Copa Vicar e disse que algumas negociações já estão em andamento. Segundo ele, 2009 será um novo degrau em sua carreira e um desafio maior que ele está pronto para enfrentar.


Classificação final: 1) Lucas Finger (PR), 198 pontos; 2) Patrick Gonçalves (BA), 195; 3) Sérgio Ramalho (PE), 169; 4) Daniel Pflaumer (SP), 147; 5) Pedro Boesel (PR), 126; 6) Fábio Fogaça (SP), 108; 7) Rodrigo Barone (SP), 99; 8) João Marcelo (SP), 83; 9) Marcelo Munhoz (SP), 69; 10) Rafael Negrão (SP), 65.


Resultado da 11ª etapa da Stock Jr.:


1º) Lucas Finger (PR), 14 voltas em 30min59seg110 (média de 116,81 km/h)
2º) Sergio Ramalho (, PE), a 0.154
3º) Daniel Pflaumer (SP), a 1.392
4º) Pedro Boesel (PR), a 3.724
5º) João M Carvalho (*, SP), a 16.864
6º) Marcelo Munhoz (*, SP), a 18.515
7º) Felipe Granzotto (SP), a 20.018
8º) Patrick Gonçalves (*, BA), a 33.500
9º) Vanderlei Pereira (*, SP), a 59.741
10º) José Amorim Jr (*, SP), a 2 voltas
11º) Beto Cavaleiro (*, SP), a 4 voltas
12º) Rodrigo Barone (*, SP), a 4 voltas
13º) Silvio Ramos (*, SP), a 4 voltas
14º) Fabio Fogaça (SP), a 5 voltas


Melhor Volta: João M Carvalho, 1min58seg541

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *