Stock Jr. Paulista: Segunda etapa teve show de ultrapassagens

Um verdadeiro show de ultrapassagens! É assim que se pode definir a prova que marcou a segunda etapa do Campeonato Paulista de Stock Jr., disputado nesse domingo (11), no autódromo de Interlagos (São Paulo). Marcada por um grande equilíbrio entre os competidores, a disputa pelas primeiras posições persistiu por toda a corrida, e a vitória só foi decidida na linha de chegada, com dois carros disputando cada centímetro de asfalto.

A conquista foi do piloto Rodrigo Rosset, de Campinas, que completou as 14 voltas em 30:16.189, numa chegada sensacional: apenas 22 milésimos à frente de Adriano Amaral. Em seguida, chegaram Beto Cavaleiro, 3s170, e Juka Gandelim, meio segundo depois, brigando até a última volta. “Ganhei por uma piscada. Mesmo quem estava de fora não conseguiu saber quem tinha ganhado. Mas, se tivesse mais cinco metros de pista, o Amaral levava”, disse Rosset.
 
O campineiro, que também marcou a pole, não se deu bem na ponta do grid. Luis Augusto, que largou melhor, ultrapassou o líder logo na primeira curva, na entrada do S do Senna. “Reconquistei a posição na volta seguinte e alternamos a liderança por várias voltas”, lembrou Rosset. No total, cinco pilotos estiveram na ponta do pelotão durante a corrida.
 
Para Adriano Amaral, que fez o melhor tempo da prova na última volta, o segundo lugar foi satisfatório. “Treinei bastante antes dessa prova. Larguei em penúltimo lugar e pisei fundo. Só não fiquei em primeiro lugar por 22 milésimos. Agora quero correr o campeonato todo”, comemorou Amaral, que venceu a prova entre os pilotos da Máster.
 
Terceiro colocado na prova, Beto Cavaleiro exaltou a participação de todos os integrantes do certame. “Foi uma prova incrível e muito limpa”, acrescentou o piloto que agora lidera a tabela de pontos. “Um campeonato também se ganha com regularidade”, concluiu.
 
Entre os estreantes da Stock Jr., quem fez bonito foi Gustavo Rizzo, que ficou em terceiro lugar da categoria Pró e em sétimo no geral. “Treinei na pista do ECPA. Apesar de nunca ter corrido em Interlagos, essa foi minha primeira prova e acho que foi legal”, falou Rizzo.
 
O domingo teve uma surpresa: faltando meia hora para o início da prova, o piloto paulistano Rodrigo Assola se inscreveu, largou em último e ainda completou o pódio. “A dica é ficar calmo. Eu não estava nem um pouco preocupado em ganhar e cheguei em sexto lugar. Apesar do resultado, ainda não sei se vou correr o campeonato todo”, explicou Assola, que já brilhou no Kart e correu a última etapa da Stock Car Jr., em 2009.
 
Diferente da primeira etapa, cujas tomadas de tempo ocorreram no sábado, dessa vez a classificação para a prova foi na manhã de domingo. Porém, o tempo não estava estável e a chuva prejudicou muito todos os pilotos. “A reta principal ficou muito molhada e a oposta, não. Era difícil saber onde estava seco e onde estava úmido. Mas isso atrapalhou todo mundo, ninguém em especial”, contou Juka, que formou o pódio da Máster, na terceira colocação.
 
Para Dito Giannetti, um dos idealizadores da Stock Jr., a segunda etapa foi de tirar o chapéu. “Tivemos um probleminha com o tempo na tomada de tempo classificatória, mas nada que tenha atrapalhado a realização da prova, que ocorreu na parte da tarde. Os pilotos fizeram uma bela prova e agora a classificação do campeonato, que embolou toda, está acirrada. Agora é aguarda a terceira etapa”, declarou Dito.
 
A terceira etapa do Campeonato Paulista de Stock Jr. também ocorrerá em Interlagos, no dia 23 de maio.
 
Confira o resultado da segunda etapa
1º Rodrigo Rosset (Flint Rosset/Twisy Travel) (P – Campinas), 14 voltas em 30:16.180 – melhor volta 2:01.130
2º Adriano Amaral (Cantina Di Fatto/Friozem Logística/Service Klein/Street Block) (M- São Paulo), a 0.022 – melhor volta 2:01.700
3º Beto Cavaleiro (Hanier) (M- São Paulo), a 3.170 – melhor volta 2:02.358
4º Juka Gandelim (Cimentolite/Grupo Cicat/Coletti/Tubocat) (M – Piracicaba), a 3.673 – melhor volta 2:02.302
5º Caito Vianna (Automondo Veículos / Incotela / Zin Bar) (M – Campinas), a 14.362 – melhor volta 2:01.903
6º Rodrigo Assola (P- São Paulo), a 26.228 – melhor volta 2:05.721
7º Gustavo Rizzo (P- São José dos Campos), a 29.505 – melhor volta 2:05.989
8º Felipe Benitez (M- São Paulo), a 35.509 – melhor volta 2:05.995
9º Eduardo Furlanetto (Steintemp/Motiva/Radnaq/Servsat) (P- São Paulo), a 37.661 – melhor volta 2:05.906
10º José Caruso (M – Campinas), a 1:37.105 – melhor volta 2:11.500
11º Luiz A. Alves (Sauro Energia para Locomoção /Sumaré Leilões) (M – Campinas), a 6 voltas melhor volta 2:01.745
 
A realização e a organização do Campeonato Paulista de Stock Jr. são do ECPA Racing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *