Stock Jr.: Resultado da quarta etapa embola campeonato

Categoria tem um novo líder, o quarto nesta temporada

Mais um show de técnica e adrenalina marcou a disputa da quarta etapa do Campeonato Paulista de Stock Jr., realizado no último domingo (4), no autódromo de Interlagos (São Paulo). Com a vitória de Luiz Augusto Alves, de Sumaré, o certame passa a ter um novo líder, o quarto da temporada.

 

Depois de uma estreia bastante promissora, Luiz Alves teve dois insucessos consecutivos. Porém, as coisas voltaram a dar certo para o piloto, que se mostrou satisfeito com o fim de semana. “Devo muito aos mecânicos que me deram um carro perfeito. Todo o conjunto estava impecável. Fiz uma bela prova e a vitória me colocou de novo na disputa do campeonato”, afirmou.

 

A maré de azar que Alves se queixava parece ter caído sobre Adriano Amaral. O piloto, que fez os melhores tempos nos treinos do sábado, cravou a pole na classificação da prova no domingo e largou muito bem. O azar veio na relargada, após a metade da corrida. “Infelizmente, o motor não aguentou meu ritmo. Estava muito bem na liderança e acho que não seria alcançado”, lamentou.

 

A segunda posição ficou com Rodrigo Navarro, que fez sua re-estreia na Stock Jr. “É muito bom voltar a uma categoria da qual gosto muito e pela qual tenho tanta admiração por ser equilibrada e competitiva”, disse o piloto que largou na última posição. “O Luiz estava muito bem na prova. Cheguei, mas não deu para ultrapassar. Ele fez uma corrida perfeita”, completou.

 

Feliz mesmo estava Eduardo Furlanetto, terceiro colocado na prova. O piloto terminou a etapa anterior fazendo cálculos e achando que era o líder do certame, fato que não aconteceu. Mas, desta vez, nem foi necessário fazer contas. “Cheguei bem na frente dos dois principais adversários. Agora, sei que sou o líder de fato”, disse ao se referir a Rodrigo Rosset, que não pontuou, e Beto Cavaleiro, quinto colocado na prova.

 

Furlanetto é o quarto piloto a ocupar a liderança do certame nas quatro provas já disputadas. “Liderar a categoria, mesmo sem ter vencido, é uma comprovação de como é forte o equilíbrio entre os competidores da Stock Jr. Para mim, a liderança é como um prêmio”, disse o competidor ao se lembrar de que faz exatamente um ano que estreou na categoria, quando a Stock Jr. ainda fazia parte da família Stock Car.

 

Quinto colocado na classificação geral da prova, Beto Cavaleiro não se deixou abater pela perda da liderança assumida na etapa anterior. “Como todos estão vendo, a disputa está mais do que acirrada. O mais importante é continuar a somar pontos, pois ainda não competimos nem a metade das provas da temporada”.

 

Confira o resultado da quarta etapa

1º Luiz A. Alves (Sauro Energia para Locomoção /Sumaré Leilões) (M – Campinas) 11 voltas em 24:21.374 – melhor volta 2:02.608

2º Rodrigo Navarro (Qualicorp) (M – São Paulo), a 1.175 – melhor volta 2:04.114

3º Eduardo Furlanetto (Steintemp/Motiva/Radnaq/Servsat) (P- São Paulo), a 3.368 – melhor volta 2:04.753

4º Rodrigo Stefanini (Grupo Stafanini) (M – Campinas), a 3.460 – melhor volta 2:04.279

5º Beto Cavaleiro (Hanier) (M – São Paulo), a 4.004 – melhor volta 2:03.789

6º Alexis Vilela (M – Volta Redonda), a 25.968 – melhor volta 2:13.219

7º Dito Giannetti (M – Piracicaba), a 46.016 – melhor volta 2:15.414

8º Mauricio JR (M – São Paulo), a 1:24.484 – melhor volta 2:06.624

9º Eduardo Vianna (M – Piracicaba), a 2 voltas – melhor volta 2:07.399

10º Adriano Amaral (Jet Car) (M – São Paulo), a 4 voltas – melhor volta 2:03.381

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *