Stock: Líderes dominam treinos livres em Londrina

Cacá Bueno, Thiago Camilo e Ricardo Maurício são os mais rápidos da sexta-feira.

Cacá Bueno (RC Competições), Thiago Camilo (Vogel/Motorsport) e Ricardo Maurício (Medley) mostraram nesta sexta-feira porque ocupam as primeiras colocações na classificação da Stock Car. Separados por menos de três décimos de segundo, eles ficaram com os melhores tempos dos treinos livres que abriram a programação da quinta etapa da temporada no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina. A volta mais rápida do dia foi estabelecida pela manhã por Cacá Bueno em 1:19.309, à média horária de 142,75 km/h.

Terceiro colocado com 42 pontos, Cacá acabou com a fama de “rei da sexta-feira” de Thiago Camilo. O líder do campeonato ainda tentou reagir no período da tarde, mas o melhor tempo da sessão ainda terminou superado por 40 centésimos pelo do atual campeão. Foi também no segundo ensaio que o vice Ricardo Maurício baixou sua marca matinal e conquistou o terceiro lugar. Dezenove dos 46 pilotos estiveram separados por menos de um segundo. As diferentes condições de pneus de cada um, no entanto, continuam dificultando uma avaliação mais fiel do potencial de todos.

Maurício passou o dia trabalhando no acerto do carro. “Por enquanto, está tudo certo. Tive um probleminha nos freios pela manhã e andei sempre com pneus bastante usados”, explicou o vencedor da abertura do calendário em São Paulo. O companheiro de equipe, Marcos Gomes, enfrentou dificuldades na readaptação a um circuito manhoso e implacável com erros onde não andava desde a Fórmula Renault em 2002. “O Stock Car é muito diferente de um monoposto. Estou tentando me acertar novamente, apanhei um pouco, mas até amanhã tudo se resolverá”, afirmou Gomes, apenas o 31º na lista de tempos da tarde. Guto Negrão passou distante do acerto ideal em seu Peugeot 307 e terminou em 42º.

Estreando na categoria, Antonio Pizzonia, que correu pela Williams na Fórmula 1 e disputou as primeiras etapas da Fórmula GP2 deste ano, sentiu na carne a competitividade da Stock Car. Freqüentou sempre as últimas posições e fechou o segundo treino em 42°. Terá de melhorar acentuadamente caso queira arrumar um lugar no grid de 38 carros que largarão domingo.

A primeira tomada classificatória de amanhã está marcada para as 10h50, com duração de uma hora e meia e limite de 20 voltas por carro. Os 10 mais rápidos voltam à pista em seguida para definir a pole em 10 minutos extras. No ano passado, a pole de Cacá Bueno ficou em 1:17.051.

Os melhores tempos em Londrina:
1º) Cacá Bueno, ML, 1:19.309, média de 142,75 km/h
2º) Thiago Camilo, CA, 1:19.443
3º) Ricardo Mauricio (CA), 1:19.649
4º) Antonio Jorge Neto (ML), 1:19.656
5º) Ricardo Zonta (P3), 1:19.670
6º) Ingo Hoffmann (ML), 1:19.673
7º) Juliano Moro (ML), 1:19.807
8º) Carlos Alves (VB), 1:19.831
9º) Alceu Feldmann (CA), 1:19.864
10º) Hoover Orsi (VB), 1:19.899
11º) Luciano Burti (VB), 1:19.977
12º) Valdeno Brito (P3), 1:20:016
13º) Rodrigo Sperafico (VB), 1:20.035
14º) Felipe Maluhy (ML), 1:20:043
15º) Ruben Fontes (P3), 1:20.172
16º) Allam Khodair (CA), 1:20.189
17º) Alan Hellmeister (ML), 1:20.192
18º) Chico Serra (P3), 1:20.196
19º) Mateus Greipel (VB)), 1:20:228
20º) Pedro Gomes (P3), 1:20.234

CA: Chevrolet Astra
ML: Mitsubish Lancer
VB: Volkswagen Bora
P3: Peugeot 307

Fotos: Miguel Costa Jr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *